Ramalhão bate Mirassol, vence depois seis jogos e deixa a degola

0
157

Em partida movimentada, o Santo André bateu ontem, fora de
lar, o Mirassol, por 3 a 2, encerrou jejum de seis jogos sem
vitória – três empates e três derrotas – e, de quebra, deixou a
zona de rebaixamento do Paulistão. O time não vencia desde 11
de fevereiro, a única até então, contra o Corinthians. Em tarde
inspirada do centroavante Henan, que anotou os três gols do
clube, e do goleiro Zé Carlos, o Ramalhão conseguiu virar o
placar no segundo tempo. Com o resultado, subiu para a 12ª
posição na classificação universal, com 10 pontos. O Leão está em
quinto, com 14.

O confronto foi reedição da final do Estadual da A-2 do ano
pretérito, no mesmo estádio José Maria de Campos Maia, em
Mirassol, que fechou com o título do Santo André. Desta vez, os
times figuravam em situação dissemelhante. Enquanto o Leão aparecia
na zona de classificação no Grupo D, o Ramalhão estava na zona
degola. O placar, comemorado em campo, dá sobrevida aos
andreenses.

O Ramalhão saiu na frente aos oito minutos, com golaço de fora
da área de Henan, ao receber belo passe de Serginho. Imprimiu
seu ritmo até os 20 minutos. Depois o Mirassol equilibrou e
começou a dominar a partida. Em quatro minutos foram três
chances claras para igualar o placar. A insistência resultou na
viradela em dois lances de globo paragem. Aos 26 minutos, com o
zagueiro Edson Silva, e aos 38, com Wellington, após bobeira da
marcação.

O Santo André voltou melhor no segundo tempo. Henan fez o
segundo antes do primeiro minuto, de cabeça. Aos nove, após
jogada do estreante Aelson, o atacante errou o pontapé, o que
enganou o goleiro. Henan não desperdiçou a sobra.

O Mirassol reacendeu somente com a expulsão do zagueiro
Leonardo. O Ramalhão recuou, abrindo espaços para o adversário.
Zé Carlos começou a se ressaltar e segurou o placar. 

Ramalhão bate Mirassol, vence depois seis jogos e deixa a degola
Avalie esta notícia