Revitalização da Av.dos Estados custará R$ 79 mi, segundo estudo

0
189

 Estudo elaborado pela Prefeitura de Santo André, por meio
do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo
André) e técnicos do Crea-SP (Parecer Regional de Engenharia,
Arquitetura e Agronomia de São Paulo), prevê premência de R$
79,2 milhões para revitalização da Avenida dos Estados em
trecho correspondente ao território do município.

Apresentado ontem pelo prefeito Paulo Serra (PSDB) ao
governador Geraldo Alckmin (PSDB) e também para o
secretário-chefe da Mansão Social, Samuel Moreira, durante agenda
no Palácio dos Bandeirantes, o documento contém diagnóstico
detalhado da estrutura física de pontes e da margem do Rio
Tamanduateí.

A teoria, segundo Paulo Serra, é a de que com o estudo em mãos
representantes do governo estadual possam ter real noção da
situação crítica da Avenida dos Estados e suas necessidades
estruturais, facilitando, assim, possível suporte financeiro do
Estado para execução de obras no eixo que liga o Grande ABC à
Capital.

“Agora temos um ponto de partida. Um projeto com vasto
diagnóstico das necessidades estruturais da Avenida dos
Estados. Isso é uma grande diferença, pois pela primeira vez
estamos fazendo um tanto concreto, um documento que nenhuma
administração havia feito anteriormente”, destacou.

No relatório de 30 páginas, que contém os episódios recentes da
queda de duas pontes e também da exórdio de uma cratera em
trecho próximo à UFABC (Universidade Federalista do ABC), todos nos
primeiros quatro meses deste ano, a Prefeitura de Santo André
apresenta projeto de obras dividido em três eixos: contenção,
pontes e asfalto.

No primeiro tópico, a administração andreense prevê premência
de R$ 19,4 milhões para término de obras de contenção na margem
do Rio Tamanduateí. Ao todo, o estudo aponta 11 pontos
críticos. Em sua maioria, os locais apresentam deficiências
estruturais com queda parcial solo.

Segundo Paulo Serra, a proposta é que estas intervenções sejam
executadas pelo Daee (Departamento de Águas e Pujança
Elétrica), responsável pela manutenção do meato. “Eles já se
comprometeram a iniciar a obra do trecho que afundou próximo à
UFABC. As demais passarão por análise”, explica o dirigente do
Executivo.

Responsável pelo maior investimento previsto no estudo, tapume
de R$ 43 milhões, a recuperação de sete das nove pontes
localizadas em toda a extensão da Avenida dos Estados também
integra o estudo entregue ao governo estadual.

Nele, a administração andreense aponta comprometimento
estrutural e hidráulico das pontes que cortam o Rio Tamanduateí
e Avenida dos Estados. A expectativa é que as passagens recebam
série de intervenções. “Quando entregamos os documentos, eles
(governador e secretário) ficaram assustados com o diagnóstico.
O governo estadual se comprometeu a explorar as reivindicações
e nos dar um retorno na próxima semana (sobre possível parceria
no projeto)”, afirma Paulo Serra.

A Prefeitura cita ainda no documento “intervenções
emergenciais” para recuperação da Avenida dos Estados. O item
que contém recapeamento do pavimento em áreas com trincas e o
renivelamento do asfalto prevê premência de aporte financeiro
na ordem de R$ 16,8 milhões.

A principio, a proposta é que tais recursos sejam repassados
pela Agência de Desenvolvimento Paulista, a Desenvolve SP,
ligada ao governo estadual. “Conversei hoje (ontem),
informalmente, com representantes do órgão e vamos oficializar
o pedido nesta semana. A partir daí é seguir os tramites
legais”, destaca.

Também envolvidos na elaboração de documentos com as
intervenções a serem realizadas na Avenida dos Estados, os
prefeitos José Auricchio Júnior (PSDB, São Caetano) e Atila
Jacomussi (PSB, Mauá) não compareceram ontem ao encontro com
representantes do Estado, conforme previsto.

A teoria era que os três prefeitos, conjuntamente, fizessem
apelo ao governo estadual para possível ajuda financeira na
execução das obras. No entanto, ambos os municípios ainda
buscam finalizar nesta semana seus estudos.

Procurados pelo Diário, Auricchio e Atila não foram localizados
até o fechamento desta edição para comentar o tema.

Revitalização da Av.dos Estados custará R$ 79 mi, segundo estudo
Avalie esta notícia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here