Santo André adota novo padrão para ligação de água nos imóveis da cidade

0
172

Novo equipamento proporciona mais segurança contra violações e vazamentos do conjunto cavalete/hidrômetro
Crédito: Divulgação/Semasa
Buscando sempre melhorar os serviços oferecidos aos usuários, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) passa a adotar um novo padrão para as novas ligações de água do município. Agora o conjunto do cavalete e hidrômetro ficará abrigado dentro de uma caixa plástica de policarbonato, que será lacrada – a UMA (Unidade de Medição de Água).A Caixa UMA foi adotada pela autarquia com o objetivo de proteger o hidrômetro de danos provenientes de intempéries, da própria ação do tempo, que poderia ocasionar vazamentos, e também de violações e depredações. A implantação da UMA também facilita o trabalho do leiturista, já que não há mais necessidade do agente adentrar o imóvel do usuário.“Com a Caixa UMA, aumentamos a segurança para o munícipe, evitando que qualquer pessoa em nome do Semasa entre na residência. Outra vantagem é o aumento da vida útil do cavalete e do hidrômetro, porque a Caixa evita a  manipulação destes equipamentos por pessoas desinformadas”, disse o superintendente do Semasa, Ajan Marques de Oliveira.O vice-prefeito Luiz Zacarias destacou a importância da Caixa UMA para uma leitura segura do consumo de água. “O leiturista não precisará pedir para entrar na casa. Hoje, muitas vezes, ele tem de tocar a campainha e esperar o morador abrir o portão. Às vezes não tem ninguém em casa e ele precisa voltar depois para fazer a leitura. Com a Caixa, também haverá mais a agilidade neste trabalho de leitura do consumo de água”, acrescentou.Neste primeiro momento, o novo padrão será adotado apenas para as novas ligações de água de ¾”, individuais, que forem solicitadas nos Postos de Atendimento do Semasa, mesmo local onde o usuário fará a retirada da UMA. O seu valor poderá ser parcelado na conta de saneamento, como já ocorre atualmente com o conjunto de cavalete e hidrômetro, em até 6 vezes.Todo o processo de instalação da caixa por parte do usuário consta de folheto explicativo que será entregue aos interessados durante o atendimento presencial e ficará disponível também no site do Semasa.Este tipo de modelo para ligação de água já é amplamente usado por outras companhias de saneamento no Estado, como a própria Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental), em São Caetano do Sul, e a Sanasa (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento), em Campinas.

Santo André adota novo padrão para ligação de água nos imóveis da cidade
Avalie esta notícia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here