Santo André avança na regularização fundiária da Vila Sacadura Cabral

Santo André avança na regularização fundiária da Vila Sacadura Cabral :

Santo André avança na regularização fundiária da Vila Sacadura Cabral


Crédito: Angelo Baima / PSA

A Prefeitura de Santo André deu início a mais um importante passo para a regularização fundiária no município, em uma área onde famílias aguardam há mais de 45 anos para terem os imóveis legalizados. A Vila Sacadura Cabral começou a passar nesta quinta-feira (29) por algumas etapas do processo de regularização fundiária, que incluem identificação de todos os lotes e imóveis existentes na área, cadastramento e coleta de cópias de documentos para serem encaminhados ao Cartório de Registro de Imóveis. Serão cerca de 514 lotes cadastrados, atendendo mais de 1.500 famílias andreenses.

“Estamos avançando na regularização fundiária, que garante a segurança legal destas famílias, e também na produção habitacional. Moradia e dignidade têm sido destaque na nossa gestão, que já entregou mais de 6.000 escrituras, em um programa permanente de habitação para assegurar a qualidade de vida da nossa gente e solucionar déficit habitacional de décadas, em que o segmento ficou escanteado”, destacou o prefeito Paulo Serra.

A participação dos moradores é muito importante para o andamento do processo. Para que isso seja possível, existe uma equipe técnica formada por arquitetos, engenheiros, advogados e assistentes sociais que desenvolvem todas as atividades previstas na legislação. Essas atividades em conjunto serão desenvolvidas tanto no escritório quanto na própria área em questão.

“Muitas famílias serão beneficiadas. Independente da pandemia, seguimos realizando ações para as comunidades receberem os títulos de seus imóveis, assim como outras já receberam suas escrituras”, pontou o vice-prefeito Luiz Zacarias.

O cadastro social é a essência da regularização fundiária porque o seu objetivo principal é a identificação dos moradores que vivem e moram no local, e que terão os seus imóveis registrados no Cartório.

“Graças ao empenho do prefeito Paulo Serra de fortalecer a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária da nossa cidade, da parceria da Prefeitura de Santo André com a Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo, através do programa Cidade Legal na figura do seu presidente, o secretário executivo Fernando Marangoni, estamos tendo esse grande avanço social de regularizações fundiárias em diversos núcleos na nossa cidade”, afirmou o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Rafael Dalla Rosa.

Além do morador, o cadastro identifica outras informações importantes para a titulação, como o tempo de ocupação e a renda, por exemplo.

“Desde o primeiro mandato da gestão Paulo Serra, já foram mais de 6.000 matrículas entregues, e lutaremos para bater mais um recorde, entregando mais e mais matrículas aos moradores andreenses. Como o prefeito Paulo Serra sempre nos pediu e orientou, não vamos medir esforços para resolver os grandes problemas sociais da nossa cidade”, ressaltou o secretário.

Moradora do bairro há 48 anos, dona Maria dos Prazeres da Conceição comemorou a iniciativa da Prefeitura. “Isso é maravilhoso. Desde quando moro aqui é o que mais queríamos. Já é uma segurança a mais para os moradores regularizar os terrenos”, afirmou.

“O caso do núcleo Sacadura é mais um caso emblemático para a nossa cidade, como o do bairro Centreville, onde após décadas sem conseguirem resolver o problema habitacional dos moradores, conseguiremos chegar onde nenhuma outra gestão municipal chegou, que é garantir o direito de moradia digna através da matrícula para quem mais precisa”, completou o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Rafael Dalla Rosa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies