Santo André bate São Bernardo e fica com título do futsal feminino

Oito (08) meses, este foi o tempo que a jogadora Nathalia ficou sem balançar as redes no futsal pelo time de Santo André. Porém no dia de ontem, em jogo super decisivo, pois era a final dos Jogos Abertos e mais uma ironia do destino, logo contra quem?

Santo André bate São Bernardo e fica com título do futsal feminino imagem

Oito (08) meses, este foi o tempo que a jogadora Nathalia ficou sem balançar as redes no futsal pelo time de Santo André. Porém no dia de ontem, em jogo super decisivo, pois era a final dos Jogos Abertos e mais uma ironia do destino, logo contra quem? A maior rival o time do São Bernardo. A jogadora não só ficou feliz com abrir todo o caminho para a importante vitória em cima da rival eletrizantes por 3 a 1 como quis mais e muito mais e foi de apagada durante a temporada a um dos principais destaques da partida final que foi disputada no Ginásio Joaquim Cambaúva Rabello, em São Caetano do Sul, cidade vizinha a Santo André e Também São Bernardo do Campo no Grande ABC paulista.

Santo André ganha do São Bernardo

“Esse é o terceiro Abertos que participo e nunca tinha conquistado. Estou muito feliz pelo título, pelo gol que não saía desde março e por ter sido contra São Bernardo. Havíamos perdido duas vezes para elas neste ano, mas a vitória veio no momento certo”, comemorou a camisa 9, que até o ano passado defendia Carapicuiba.

Leva o Título do futsal feminino

Uma Quadra Neutra foi Planejado

Esse jogo importante para ambas as equipes a decisão em uma quadra considerada “neutra” foi proposital, o planejamento era de que não tivesse um time beneficiado.

Principalmente nenhuma das duas cidades, que são sedes dos Jogos Abertos. A Cidade de Santo André mandou suas partidas no Noêmia Assumpção e o Município de São Bernardo para o conhecido nacionalmente Poliesportivo.

Santo André bate São Bernardo e fica com título do futsal feminino imagem

Promoção de Natal
Promoção de Natal - Atrium Shopping
Gregos e Troianos

Por tanto, a escolha de um palco com certa neutralidade porém não agradou à técnica São-bernardense Maria Cristina.

“Não achei legal. Acho que podia ter tido sorteio. Não perdemos por isso, mas o ideal seria jogar onde estamos acostumadas”, comentou a técnica, que lamentou os erros da sua equipe.

“Podemos assim dizer que foram duas no máximo três (03) das nossas falhas que determinaram o resultado da partida com a derrota. As meninas do Santo André hoje estavam com mais felicidade e erraram um pouco menos e, por isso, conquistaram o título”, resumiu.

São Caetano fez uma Final de Tirar o Fôlego

O Masculino, Na preliminar, o time do São Caetano e também o time do Osasco fizeram final eletrizante com méritos para ambos os lados e jogo foi realmente de tirar o fôlego no sub-21 masculino.

Os anfitriões venceram por 4 a 2 com o último gol naquele conhecido apagar das luzes que o brasileiro conhece bem do futebol de campo. O estouro do cronômetro.

“Disputamos com time novo, os meninos do sub-17 e, por isso, o título tem esse tempero a mais dando mais luta, mais garra. Toda essa força de vontade a mais. A determinação dos garotos pela idade e tudo que foi apresentando. Eles tem um futuro brilhante pela frente. Temos muito a trabalhar para os próximos anos. Mas a equipe está de parabéns. Lutou muito o tempo inteiro! Um ajudando o outro na superação. Isso claro, foi totalmente determinante para que se tivesse um resultado muito positivo. Vitória e conquista no Campeonato. Vitória na Vida. Todos estamos de parabéns. Eles realmente entenderam a dificuldade e o abismo que teríamos que enfrente e assim o fizeram como homens! Estou honrado e por esse titulo tem sabor especial”, celebrou o técnico Fernando Cabral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here