Santo André credencia Clínica Ana Rosa no programa Saúde Fileira Zero

Avalie esta notícia

Fileira Zero- Entrega do Primeiro Examinação
Para Paciente

Crédito: Ricardo Trida-PSA

A Prefeitura de Santo André credenciou oficialmente na tarde
desta quarta-feira (21) a Clínica Ana Rosa no programa Saúde
Fileira Zero, criado pela atual gestão com a finalidade de zerar
as demandas existentes de exames e consultas no município
através da compensação tributária, por meio da prestação de
serviços essenciais de Saúde.

O equipamento, instalado no bairro Jardim, é o segundo a se
credenciar no programa. No mês pretérito, o Hospital e
Maternidade Dr. Christóvão da Gama, na vila Assunção, também
entrou no projeto e já atendeu murado de 300 pacientes com
exames de ultrassonografia. A atual administração herdou uma
fileira de murado de 128 milénio consultas e exames.

A Clínica Ana Rosa vai oferecer, durante a temporada inicial, exames
de ultrassonografia transvaginal e BERA sem sedação (espargido
também por Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Cerebral,
que tem o objetivo de determinar a integridade funcional do nervura
auditivo e mandar se há ou não um distúrbio na audição e
qual o intensidade). A perspectiva é que esse rol de exames aumente.

De conciliação com o prefeito Paulo Serra, a parceria com a Clínica
Ana Rosa traz porquê diferencial um inspecção que não tinha na rede.
“O BERA é um inspecção inédito para Santo André. Vai ajudar a zerar
a fileira de exames e consultas e potencializar o programa. É mais
um parceiro com a iniciativa privada que vem para erigir a
qualidade de saúde que precisamos na cidade e com um inspecção que
as pessoas nem tinham chegada”, disse o prefeito.

Dentro do programa Saúde Fileira Zero, as empresas da área da
Saúde que possuírem dívidas por não pagamento de ISS (Imposto
Sobre Serviços) poderão  procurar a administração para
apresentar a documentação estipulada no decreto municipal Nº
16.907, de 24 de abril de 2017, para que seja analisada sua
vinculação ao programa. Após a compensação de 25% do valor
devido, o credenciado poderá tirar a Certidão Negativa de
Débito, desde que esteja regular com os tributos vencidos após
a data do credenciamento.

A quitação do débito das instituições será feita mediante
serviço executado e devidamente comprovado. Todo imposto que é
compensado entra porquê receita para o município, portanto a
administração respeitará a porcentagem de despesas vinculadas
previstas por lei. Caso sejam compensados R$ 10 milhões, por
exemplo, a municipalidade terá que investir R$ 2,5 milhões na
Educação. A definição do valor dos exames é de até cinco vezes
o valor da tábua SUS para procedimentos.

 Ações diversas – O Programa Saúde Fileira Zero é constituído de
diversas ações, que se integram a outras iniciativas da
Secretaria da Saúde. Além dos mutirões de especialidades e da
troca de dívidas de hospitais e clínicas por consultas e
exames, a atual administração implantou protocolos que visam um
melhor aproveitamento dos recursos da rede municipal de saúde.
Em abril ocorreu a reabertura do Hospital Dia e também foi
firmada parceria da Prefeitura com o governo do Estado que
trouxe para Santo André a Carreta da Mamografia e resultou na
realização de 675 exames durante três semanas. Somados os
mutirões promovidos pela prefeitura, aproximadamente 20 milénio
munícipes foram atendidos.