Santo André cria Comitê Integrado de Segurança

0
85

Crédito: PSA

Nesta terça-feira, 24, o prefeito Paulo Serra se reuniu com
lideranças das polícias Militar, Social e da Guarda Social
Municipal (GCM) para formalizar a criação de um Comitê
Integrado de Segurança (CIS), que se reunirá quinzenalmente com
membros das polícias para estimar as estatísticas criminais de
cada região da cidade. A força tarefa fará um mapeamento da
criminalidade no munícipio, possibilitando uma melhor
estratégia de patrulhamento por rondas nas regiões com maior
registro de queixas. Além disso, outros aspectos que colaboram
com a segurança dos bairros serão revistos em conjunto, uma vez que a
iluminação pública e serviços de manutenção.

O prefeito pontuou, durante a reunião, o problema enfrentado
pela população com a questão do som basta principalmente na Rua
das Figueiras e Praça Kennedy, e os pancadões realizados na
região no Jardim Santo André. “Com essa força tarefa e mantendo
oriente diálogo entre as policiais, departamentos e autarquias do
município conseguiremos diminuir estas demandas que são
recorrentes na cidade”, explica.

Além disso, já está programado para sobrevir em Santo André a
operação Força Totalidade realizada pela Policia Militar com o base
da GCM e Departamento de Engenharia de Tráfego (DET), atuando
de maneira ostensiva reprimindo roubos, assaltos e outros
delitos. Serra apontou ainda que terá atenção privativo também
para os moradores da Vila Luzita. “Estamos discutindo a
instalação de uma delegacia na região da Vila Luzita com
funcionamento 24 horas”. 

O secretário de Segurança Urbana e Comunitária, Edson Sardano,
frisou que o município resgata neste momento sua função dentro
da segurança pública. “Com a disposição do prefeito em negociar
diretamente com as forças policiais, entendendo a verdade de
cada instituição, a Prefeitura retoma o uso de suas atribuições
para atuação conjunta na repressão e prevenção do potencial
criminoso”, finalizou.

Santo André cria Comitê Integrado de Segurança
Avalie esta notícia