Santo André cumpre concordância de pagamento de 13º salário dos médicos

0
87

Por conta da crise orçamentária que o município atravessa,
fruto de uma dívida herdada da gestão anterior, a Prefeitura de
Santo André realizará o pagamento do 13º salário dos médicos
que prestam atendimento na cidade. Serão pagos, em duas
parcelas, o montante de R$ 4.194.371,53 nos dias 30 de janeiro
e 28 de fevereiro, conforme pactuado com representantes do
Sindicato dos Médicos do Grande ABC (Sindmed), na manhã desta
terça-feira, 17.

Dentro do esforço que o governo tem para restabelecer a capacidade
financeira da cidade, serão pagos ainda outros valores: R$
110.801,67, referente à folha de pagamento de residentes e mais
R$ 228.688,91, para horas extras e suplementar noturno dos
médicos. “Estamos cumprindo nosso compromisso com a categoria
dos médicos de colocar os atrasados em dia, mesmo herdando a
maior dívida da história da cidade, em mais de 300 milhões.
Estamos cortando, enxugando a máquina, contingenciando o
orçamento, além de trinchar cargos comissionados, carros oficiais
e telefones corporativos”, destacou o prefeito Paulo Serra.

DÍVIDA – Na última semana, dentro do choque de gestão da novidade
administração, foi realizado o contingenciamento de 60% do
orçamento da cidade, sendo 25% por conta da diferença entre o
valor real e o valor enviado à Câmara e 35% por conta da dívida
herdada da gestão anterior, que ultrapassa os R$ 300 milhões. A
determinação foi feita após avaliação do histórico de
estimativas e valores executados em anos anteriores na
Prefeitura. Para que o efeito do contingenciamento seja
minimizado foi formada uma Comissão de Controle Orçamentário
(CCO), com técnicos que farão a análise de área por área,
obedecendo a porcentagem exigida por lei para o pleno
funcionamento de pastas prioritárias uma vez que Saúde e Educação.

Santo André cumpre concordância de pagamento de 13º salário dos médicos
Avalie esta notícia