Santo André ganha projeto de basquete para crianças e adolescentes

Crédito: Júlio Bastos/PSA
Fomentando o esporte, a educação e o cuidado social com crianças e adolescentes, foi lançado oficialmente neste sábado (12), no CESA (Centro Educacional de Santo André) Jardim Santo Alberto, o Projeto Instituto Bábby Esportes Ano 2, que chega a Santo André para ampliar e qualificar o atendimento de jovens, de 10 a 17 anos, por meio do basquete. O padrinho do programa é o ex-jogador da NBA (liga americana de basquete), Rafael Bábby. O projeto atua no contraturno escolar dos estudantes, valorizando a prática de atividade como ferramenta de resgate e preservação social, somando no fortalecimento de vínculo familiar e manutenção da qualidade de vida. Cerca de 100 crianças já participam das aulas.Desde do início de 2017, o departamento de captação de recursos através das leis de incentivo ao esporte, oriundo da Secretaria de Esporte e Prática Esportiva, contribui com a busca por patrocínios nos mais variados ramos privados e nesta empreitada conquistou o subsídio da White Martins, empresa de produção de gases industriais e medicinais.A atuação na cidade ocorre em dois pólos, sendo lançado no CESA Jardim Santo Alberto todas as terças e quintas-feiras, das 18h às 21h, e ainda na APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) Santo André, trabalhando na inclusão social. Os talentos que forem descobertos no projeto serão encaminhados para as equipes de competição.”Eu fiquei 14 anos fora do país e o meu objetivo é deixar um legado, dando oportunidade para que outros se fortaleçam através do basquete. Estou muito feliz de participar do projeto aqui em Santo André e ver de perto este trabalho sensacional. Temos que representar o nome da cidade e trazer mais educação para todos. Somos todos um só”, enfatizou Rafael Bábby.O Instituto Cultural e Desportivo Ação Social Bábby é uma associação com objetivo de olhar para o social e sem fins lucrativos, fundada em 2009. Em seu estatuto, tem por objetivo manter projetos, executar ações e projetos, que visam à democratização do esporte e lazer como direitos sociais e fator de desenvolvimento humano na construção da cidadania.”Fica claro o envolvimento que este projeto traz, acolhendo crianças, pais, famílias. Ver os pequenos sorrindo por meio do basquete não tem preço. Este trabalho em equipe, este relacionamento, são pontos fundamentais. Desde o início desta gestão, o esporte de Santo André está de cara nova, colocando educação e saúde para os andreenses”, disse o vice-prefeito Luiz Zacarias.”Este projeto encaminhará mais jovens para o esporte e isso é muito importante. Agradeço aos pais pelo apoio ao projeto e por colocar as crianças na prática esportiva, que traz saúde e educação. Espero em breve que Santo André se torne um celeiro ainda maior para os esportistas”, definiu a secretária-adjunta de Esporte e Prática Esportiva, além de lenda do basquete andreense, Lais Elena.

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais