Santo André imuniza munícipes com síndrome de Down e transplantados contra a Covid-19

Santo André imuniza munícipes com síndrome de Down e transplantados contra a Covid-19 :

Santo André imuniza munícipes com síndrome de Down e transplantados contra a Covid-19

[ad_1]

Crédito: Alex Cavanha / PSA

A Prefeitura de Santo André iniciou nesta segunda-feira (10) mais uma etapa da campanha de vacinação contra a Covid-19, com a inclusão de novos grupos. A imunização foi realizada com a vacina Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fiocruz.

No drive-thru do Paço Municipal foram vacinadas 116 pessoas, entre munícipes com síndrome de Down e moradores com deficiência entre 55 e 59 anos que recebem BPC (Benefício de Prestação Continuada).

No Estádio Bruno José Daniel foram imunizados 109 moradores que realizam hemodiálise e no estacionamento do Grand Plaza Shopping ocorreu a vacinação de 113 transplantados de 18 a 59 anos que fazem uso de imunossupressor.

“Santo André segue antecipando grupos prioritários e expandindo a vacinação contra a Covid-19, com segurança e eficiência que nos destacam como uma das cidades que mais vacinam, acima da média estadual e nacional. Nesta semana, seguiremos com os drives e postos de vacinação atendendo os públicos preconizados pelo Plano Nacional de Imunização”, pontuou o prefeito Paulo Serra.

Munícipes com comorbidades entre 55 e 59 anos serão vacinados entre terça (11) e sexta (14), nos drive-thrus da Craisa, Estádio Bruno Daniel, Atrium Shopping e Grand Plaza. As gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) com comorbidades receberão a vacina na terça e na quarta (12), no Paço Municipal.

“Faço hemodiálise há 19 anos e estava ansioso para receber a vacina. A gente não consegue fazer isolamento em casa porque três vezes por semana tenho que sair para ir para o hospital, então a exposição é maior. Por isso estou muito feliz por terem adiantado a vacina pra gente”, comentou Fernando Pochê, que foi imunizado nesta segunda-feira no Estádio Bruno Daniel.

Morador do Parque Jaçatuba, Felipe Fribrian Buracal, de 34 anos, tem síndrome de Down e, acompanhado dos pais, recebeu a primeira dose da vacina no drive-thru no Paço. “Estou aliviado. Minha esposa também vai tomar a vacina. Agora vou poder abraçar os meus irmãos, que era o que eu mais queria”, comemorou.

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies