Santo André inicia mutirão para reduzir vazamentos de chuva

0
113

Crédito: Júlio Bastos/PSA

Com o objetivo de reduzir as perdas de água e melhorar o
provimento em Santo André, a Prefeitura, por meio do Semasa
(Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André),
iniciou um grande mutirão para expulsar vazamentos em toda a
cidade.

Trata-se da Operação de Caça-Vazamentos, que mobiliza mais de
100 funcionários da própria autonomia, que darão prioridade de
atendimento aos pedidos formais feitos pela população para
averiguação de vazamentos.

De conciliação com o prefeito Paulo Serra, diagnóstico realizado
pela comissão que integra técnicos do Semasa e da Sabesp
constatou muita deficiência na manutenção da rede de água do
município. “Isso impossibilitava a Sabesp de aumentar a pressão
de água enviada para a cidade”, afirmou o prefeito, que nesta
sexta-feira (03) acompanhou uma equipe da Operação
Caça-Vazamentos, no Jardim Las Vegas. “Criamos esta força
tarefa que está trabalhando muito”, completou.

Ele ainda anunciou a instalação de mais redutores de pressão na
cidade e a contratação de uma empresa para detectar vazamentos
invisíveis através de um equipamento chamado geofone.

Paulo Serra reafirmou compromisso feito por ele em 9 de janeiro
deste ano, de que em 30 dias o problema da falta de água em
Santo André estará resolvido, ou seja, 9 de fevereiro. “A gente
quer restabelecer por completo o fornecimento de água em Santo
André e isso só é possível porque retomamos o diálogo com a
Sabesp e fizemos a lição de moradia”, disse. Segundo ele, após
resolvido o problema da falta de água, será debatida com a
Sabesp a questão da dívida.

COMBATE ÀS PERDAS – Os vazamentos contribuem para a falta de
água e estão entre as principais causas do aumento do índice de
perdas em Santo André, de quem valor atual está na ordem de 47%
(média de 2016).

 Quando no início do ano Santo André retomou o diálogo com
a Sabesp, o prefeito determinou ao Semasa a intensificação do
combate aos vazamentos e a redução de prazos para o atendimento
de reparos.

A autonomia recebe diariamente tapume de 100 pedidos de
munícipes relacionados ao provimento de água, sendo que os
principais são as solicitações de manutenção em cavaletes,
ramais e redes de água que apresentam problemas. Durante o
mutirão, o Semasa vai ainda priorizar pedidos que estejam fora
dos prazos informados.

Para fazer uma solicitação ao Semasa, o usuário pode acessar o
site[1], vincular para
a Mediano de Atendimento 115, que funciona 24 horas, ou ainda
procurar um dos postos de atendimento da autonomia. Confira os
endereços e horários de atendimento cá[2].

Santo André inicia mutirão para reduzir vazamentos de chuva
Avalie esta notícia