Santo André já imunizou 19 mil pessoas contra a febre amarela

140

Santo André também será a primeira cidade da região a realizar o “Dia D” de vacinação contra a doença

O primeiro dia da campanha “Não vacile. Vacine-se! Quem tem o brasão amarelo no peito não tem a amarela no sangue” imunizou 19.790 pessoas contra a febre amarela em Santo André, nesta quinta-feira (25). As doses foram aplicadas nas 27 unidades básicas de saúde da cidade, das 8h às 17h. Além da campanha, que vai até o dia 17 de fevereiro, na última quarta-feira (24) o Departamento de Vigilância à Saúde realizou ação prioritária em unidades próximas a áreas de mata, no Parque Andreense, Parque Miami, Paranapiacaba e Recreio da Borda do Campo, onde foram vacinadas 748 pessoas.

A meta é vacinar toda a população, portanto não haverá distribuição de senhas, apenas haverá controle nas horas finais de atendimento.O prefeito Paulo Serra visitou algumas unidades para acompanhar o atendimento. “Santo André não é área de risco para doença, pois não temos nenhum caso. E quem tomou a dose completa uma vez, não precisa tomar novamente”, lembrou o prefeito. Santo André também será a primeira cidade da região a realizar o “Dia D” de vacinação contra a doença, no próximo sábado (27). Além desta data, os dias 3 e 17 de fevereiro terão vacinação em todos os postos de saúde espalhados pela cidade, para contemplar aqueles que não conseguem procurar as unidades de saúde no meio da semana. Já nos dias úteis, o atendimento segue em todas as unidades, das 8h às 17h. Para se vacinar, o munícipe precisa levar CPF, Cartão SUS, carteirinha de vacinação ou documento com foto.A organização das filas tem respeitado os atendimentos prioritários de pessoas portadoras de deficiência, idosos com idade superior a 60 anos e pessoas acompanhadas por crianças de colo.

As equipes também têm feito triagem nas filas para identificar possíveis fatores contra-indicativos para tomar a vacina e se a pessoa tomará dose fracionada ou padrão (reservada apenas para crianças entre 9 meses e 2 anos incompletos; quem fará viagem internacional com passagem em mãos; e portadores de HIV e hepatopatias agudas com recomendação médica em mãos). Para os demais, são aplicadas doses fracionadas da vacina, com o objetivo de se ampliar o número de pessoas imunizadas. Essas doses possuem a mesma composição da versão completa, e protegem contra a febre amarela. A diferença é que as doses aplicadas atualmente protegem pela vida toda, enquanto a dose fracionada é válida por oito anos.

O primeiro lote com 150 mil doses já foi recebido pela prefeitura, que aguarda definição do Estado para o envio das doses restantes.“Fui muito bem atendida e as enfermeiras são muito atenciosas. Eu não consigo nem me lembrar de algum ponto negativo. Cheguei e esperei na fila como todo mundo espera, fiquei mais ou menos 20 minutos só. O serviço está de parabéns”, comentou a aposentada Vera Lúcia da Silva (59), atendida na unidade Paraíso.A participação do município é orientada pelo Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) do Estado de São Paulo, junto a outras 54 cidades. A recomendação do Estado está ligada à estratégia de bloqueio, para que o vírus, que não circula na região, não chegue a esses territórios. Portanto, o ABC não é considerado área de risco, mas participa da campanha por fazer parte do corredor ecológico.A vacina é contra-indicada para diabéticos (que apresentem dificuldade em controlar o nível de glicemia); doadores de sangue (devem doar antes de se vacinarem); crianças com menos de 6 meses de vida; mães que estejam amamentando crianças menores de 6 meses; gestantes; pacientes com história pregressa de doença do timo (miastenia gravis, timoma); pessoas com reação alérgica grave ao ovo; pessoas que apresentaram reação de hipersensibilidade grave ou doença neurológica após dose prévia da vacina; transplantados e pacientes com doença oncológica em quimioterapia; imunossupressoras (quimioterapia, radioterapia, corticoides em doses elevadas); e pacientes em uso de medicações anti-metabólicas ou medicamentos modificadores do curso da doença (Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe, Ritoximabe).Caso suspeito é descartado –

Febre AMARELA NO ABCTudo

No dia 16 de janeiro, a Prefeitura de Santo André, por meio do Departamento de Vigilância à Saúde, foi notificada sobre uma morte com suspeita de febre amarela, em hospital particular. A vítima era uma homem de 56 anos, que havia viajado recentemente para Dourados (área de risco para a doença), no Mato Grosso do Sul. Após análise do Instituto Adolfo Lutz, concluiu-se que o Infarto Agudo do Miocárdio e Ruptura de Parede do Miocárdio, sofrido pela vítima, não decorreu de febre amarela.Com esse laudo, o município segue sem nenhum caso autóctone ou importado de febre amarela registrado neste ano. Também não houve nenhum registro de macaco morto pela doença. Desde o início do ano até o momento, Santo André já vacinou  35.212 pessoas contra a febre amarela.US (Unidade de Saúde) de Santo André:US Bairro Paraíso – Rua Juquiá, 256 – Bairro Paraíso.US Centreville – Rua Bezerra de Menezes, 35 – Centreville.US Centro – Rua Campos Sales, 575 – Centro.US Cidade São Jorge – Avenida São Paulo, 320 – Cidade São Jorge.US Dr. Moysés Fucs – Rua Alexandreta, 180 – Jardim Santo Antonio.US Jardim Alvorada – Rua Dr. Almenor J. Silveira, s/nº – Jardim Silveira.US Jardim Irene – Estrada da Cata Preta, 552 – Jardim Irene.US Parque Andreense – Avenida Ibertioga, 100 – Parque Andreense.US Parque João Ramalho – Rua Maragogipe, s/nº – Parque João Ramalho.US Utinga – Alameda México, s/nº – Vila Metalúrgica.US Vila Guiomar – Rua das Silveiras, 73 – Vila Guiomar.US Vila Helena – Avenida Andrade Neves, 1.082 – Vila Helena.US Vila Lucinda – Rua Caconde, s/nº – Vila Lucinda.US Vila Luzita – Avenida Dom Pedro I, 4.197 – Vila Luzita.US Vila Palmares – Praça Áurea, 234 – Vila Palmares.USF (Unidade de Saúde da Família)USF Jardim Ana Maria – Rua Otávio Mangabeira, 331 – Jardim Ana Maria.USF Espírito Santo – Avenida São Paulo, 320 – Cidade São Jorge.USF Jardim Carla – Rua Lopes Trovão, s/nº – Jardim Carla.USF Jardim Irene II – Rua Levy de Souza, 3 – Jardim Irene II.USF Jardim Santo Alberto – Rua Almada, 745 – Jardim Santo Alberto.USF Jardim Santo André – Rua Sete, s/nº – Jardim Santo André.USF Jardim Sorocaba – Avenida Sorocaba, 935/945 – Jardim Sorocaba.USF/PA (Pronto Atendimento) Paranapiacaba – Rua Rodrigues Alves, 29 – Paranapiacaba.USF Parque Miami – Estrada do Pedroso, 5151 – Parque Miami.USF Recreio da Borda do Campo – Avenida Mico Leão Dourado, 2452 – Recreio da Borda do Campo.USF Valparaíso – Rua Andradina, 471 – Bairro ValparaÍso.USF Vila Linda – Rua Embaré, 97 – Vila Linda.

Santo André já imunizou 19 mil pessoas contra a febre amarela
5 100% 1 vote