Santo André Mob deixa passageiros a ver navios

Aplicativo parou de funcionar por volta de 17h
Após três meses de espera, os passageiros puderam baixar o novo aplicativo para ver as previsões de chegada dos ônibus municipais de Santo André. Contudo, a ferramenta lançada pela Prefeitura nesta quinta-feira, 3 de maio de 2018, apresentou falhas e parou de funcionar três horas após o lançamento.Desde 2014, os passageiros tinham o aplicativo CittaMobi, mas as empresas do Consórcio União Santo André preferiram descontinuar o serviço. Entre o início de fevereiro e esta quinta-feira, os passageiros ficaram sem nenhum tipo de informação de previsão de chegada dos ônibus aos pontos.Por volta de 14h, o prefeito Paulo Serra lançou oficialmente o Santo André Mob, disponível para Android e iPhone.O aplicativo mostra o horário de 35 linhas de ônibus municipais, as que são operadas pelo Consórcio União Santo André. O CittaMobi ainda funciona nas outras 15 linhas, operadas pela Suzantur no lote da Vila Luzita, até que seja realizada a licitação daquele sistema tronco-alimentado.Os primeiros passageiros que fizeram o download se depararam com a mensagem de “erro ao conectar ao servidor”. Após tentar repetidas vezes, as previsões foram incertas. Ao selecionar o ponto de ônibus no mapa, o aplicativo mostrava que os coletivos estavam chegando, mas os veículos não passavam no horário indicado. “Abri o aplicativo no ponto e tem uns ônibus que estão chegando há 15 minutos” – contou o estudante Lucas Carollo ao Diário do Transporte. “Aparece a previsão de algumas linhas, fica uns 15, 20 minutos falando que está chegando e nada. Outras linhas passam e o aplicativo nem fica sabendo” – disse.Nas redes sociais, o mesmo problema foi relatado instantes após a disponibilização do Santo André Mob.  “Um aplicativo que demorou três meses para ficar pronto, com uma péssima qualidade, nem sequer tem um campo de pesquisa. Você tem que ficar caçando no mapa com a localização ativa para poder encontrar o ponto desejado” – comentou uma passageira, nas redes sociais.Após os horários incorretos, o aplicativo parou de funcionar por volta de 17h. Todos os pontos sumiram do mapa e não é possível visualizar a previsão de nenhum coletivo. O Diário do Transporte testou a ferramenta e, até a publicação desta reportagem, as previsões ainda não estavam sendo exibidas.Outro problema identificado é que o aplicativo não aparece na busca da PlayStore. Os usuários de smartphones com o sistema operacional Android têm que acessar este link para conseguirem fazer o download. Para iPhone, o caminho para baixar o aplicativo é um link da App Store.Após seis horas de lançamento, a avaliação de usuários da plataforma Android deram a nota 1,5, de um máximo de 5 estrelas, para o aplicativo. As avaliações foram feitas por quem testou a ferramenta antes de o funcionamento ser interrompido e os pontos terem sumido do mapa.As principais reclamações nos comentários da PlayStore eram sobre a falta de precisão no horário dos ônibus, interface confusa, linhas registradas com o nome errado, incoerência nos mapas de algumas regiões, erros de rota e falta de alguns pontos.FUNÇÕES DISPONÍVEISSegundo informações da Prefeitura de Santo André, o aplicativo permite monitorar o horário de chegada e percurso dos ônibus, possibilita visualizar as rotas das linhas e também traz a função de programação de alarme para horário de saída e tempo de chegada ao destino.Apesar de os passageiros constatarem que não há precisão nos horários previstos para a chegada dos ônibus, como havia com o aplicativo anterior, o CittaMobi, a Prefeitura informou que os coletivos são monitorados por geolocalização. “O Santo André Mob dispõe de uma complexa tecnologia que inclui o controle via GPS de todos os ônibus urbanos da cidade. Estes dados são disponibilizados ao usuário graças a softwares de gestão compartilhados entre as empresas de ônibus e a Prefeitura, que permitem o monitoramento do trajeto das linhas municipais. Outras funcionalidades serão disponibilizadas ao usuário do aplicativo, na medida que forem liberadas atualizações” – informou a Prefeitura, em nota.Durante o lançamento, o prefeito Paulo Serra testou o aplicativo e informou novas funcionalidades, como a possibilidade de visualizar o ponto pelo Street View do Google. Contudo, quem testou a nova função também identificou erros. Em um dos casos, a foto da parada era o interior de uma loja de Santo André.O prefeito reconheceu que a ferramenta ainda precisa de ajustes, mas não mencionou nenhum problema quando fez o teste.“Ele foi completamente customizado para nossa cidade. Claro que, como todo aplicativo, ele tem agora um processo permanente de atualização, ajuste, mas que traz muitas novidades e que coloca nosso transporte efetivamente nessa era digital, com total segurança e conforto para o usuário” – disse o prefeito Paulo Serra.O prefeito também informou que o aplicativo pode ser conectado com o Facebook e o Google, para fazer check-in e compartilhar a localização com alguém. “Um filho, por exemplo, que vai para a escola, pode mostrar durante o trajeto onde ele está para o pai em casa poder acompanhar esse percurso” – afirmou Serra.RELATÓRIO PARA SATRANSOutra funcionalidade anunciada pela Prefeitura foi a possibilidade avaliar como está sendo a condução do motorista e registrar reclamações e elogios. O relatório servirá para que a SATrans realize a avaliação quantitativa da qualidade das linhas, atentando aos pontos que necessitam de melhorias.“Como é um aplicativo customizado, feito sob medida para a cidade de Santo André, você coloca a linha que você andou e coloca se o motorista está fazendo algo de errado: dirigindo rápido, devagar, bruscamente, desrespeitando, não parou no ponto, se ele estiver fazendo alguma coisa que ele precisa melhorar, você pode dar essa sugestão e, por fim, se a condução dele merece ou não um elogio. Você coloca a linha, envia e esse relatório vai para a SATrans para a gente poder avaliar também a qualidade do atendimento das linhas” – disse o prefeito Paulo Serra.

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais