Santo André promove curso de aprimoramento em informática para servidores

0
109

Nas aulas, os servidores têm a oportunidade de realizar curso completo do Pacote Office
Crédito: Júlio Bastos/PSA
Com o objetivo de aperfeiçoar o atendimento ao munícipe e levar formação e qualificação aos servidores municipais, a Prefeitura de Santo André está disponibilizando aos funcionários públicos curso voltado ao ensino de atividades ligadas à informática. A ideia é dar aos servidores a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos em programas utilizados no dia a dia, reduzindo o tempo gasto nas tarefas e consequentemente melhorando o serviço ofertado à população. Todos os funcionários da Prefeitura e do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) podem participar.O curso é promovido pela Secretaria de Educação, em parceria com a Secretaria de Inovação e Administração/GTDP (Gerência de Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal) e o Semasa. Nas aulas, os servidores têm a oportunidade de realizar curso completo do Pacote Office e aprender diversas funções que podem ser úteis no trabalho. “Todo mundo conhece um pouco o pacote Office, o suficiente para realizar tarefas como fazer um texto ou uma tabela. Mas a ferramenta possui uma infinidade de funções que podem facilitar muito o trabalho quando dominadas”, explica a coordenadora de Gestão de Tecnologia na Educação da Secretaria de Educação, Rita Queiroz.A expectativa é que 3,6 mil servidores participem do curso até 2020. As primeiras turmas começaram na última segunda-feira (19), com grupos no período da manhã e no período da tarde, com 25 alunos cada. Na terça-feira (20), mais duas turmas tiveram início. As aulas acontecerão duas vezes por semana. O curso completo tem duração de aproximadamente 180 horas e é composto por doze módulos. Os servidores podem optar pelo módulo de maior interesse de acordo com sua área de trabalho e sua função.As aulas são ministradas por Milton Gonçalves dos Santos Júnior, graduado em Administração de Empresas e pós-graduado em Sistemas de Informação pela Fundação Santo André. O professor deu aulas de formação em informática em locais como a Faculdade de Medicina da USP, Volkswagen, Scania, Itaú, Detroit, Marba, Digicad, Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo) e para engenheiros da FEI, entre outros.Os módulos do curso são: como aplicar as normas da ABNT no Word; como criar apresentações; como criar cadastros e consultas no Access; como criar modelos de documentos no Word; Como criar tela de login no Access; como criar um painel de indicadores (Dashboard); como fazer mala direta; como fazer pesquisas em banco de dados no Excel; como gerar numeração sequencial automática para ofícios; fluxo de caixa no Excel; funções financeiras no Excel; introdução à informática; macros no Excel; Excel básico; relatórios e gráficos dinâmicos no Excel e tomadas de decisão no Excel (Excel intermediário).Agda Peres Fernandes Marques, de 30 anos, trabalha no apoio administrativo do Centro Hospitalar Municipal “Newton da Costa Brandão” em uma função que usa muitas planilhas de Excel e se inscreveu no curso logo que soube da oportunidade. “Às vezes demoro muito para levantar certos dados em planilhas de Excel. Eu gosto de informática e sei que tem formas de fazer esses levantamentos muito mais depressa”, conta.Ednei de Queiroz, de 55 anos, do departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Administração e Inovação, também se inscreveu no curso para aprimorar seu conhecimento em Excel. “É uma iniciativa muito bem-vinda. No departamento nós usamos muito para fazer  levantamento de dados, por exemplo de ausências. Por isso é importante reduzir o tempo de fazer essas planilhas e assim conseguir ter dados mais objetivos mais rapidamente”, avalia.“Estamos tendo muita procura de profissionais das mais diversas áreas da prefeitura e do Semasa, o que é justamente o que queremos com a iniciativa. Tanto que os conteúdos já foram desenvolvidos para atender a necessidade de cada um dos funcionários, de acordo com sua função,  Queremos oferecer formação de qualidade para os servidores, de forma que isso resulte em melhorias nos processos e maior qualidade do trabalho, o que vai beneficiar também ao munícipe”, afirma a coordenadora de Gestão de Tecnologia na Educação da Secretaria de Educação, Rita Queiroz. “Além disso, acredito que toda ação que proporcione conhecimento para as pessoas acaba impactando na qualidade da formação das nossas crianças”.Gestão do conhecimento –  A parceria entre a Secretaria de Educação, Secretaria de Inovação e Administração e o Semasa resultou também em duas palestras sobre “gestão do conhecimento”, ministradas nos dias 13 e 14 de março para cerca de 200 pessoas. “Gestão do conhecimento” é a capacidade de gerenciar, mapear, classificar, captar, criar, multiplicar e reter conhecimento com eficiência, eficácia e efetividade para que uma organização tenha expansão e qualidade nos serviços prestados. “É o conjunto de processos e sistemas que permitem que o capital intelectual de uma organização aumente de forma significativa, mediante a gestão de suas capacidades de resolução de problemas de forma eficiente, com o objetivo final de gerar vantagens competitivas”, explica Rita Queiroz.

Santo André promove curso de aprimoramento em informática para servidores
Avalie esta notícia