Santo André realiza mutirão de vacinação contra febre amarela no dia 27

153

Santo André realiza mutirão de vacinação contra febre amarela
Crédito: Júlio Bastos/PSA
A Prefeitura de Santo André realizará no dia 27 de janeiro um mutirão de vacinação contra a febre amarela, para contemplar as pessoas que precisam ser imunizadas e não podem procurar as unidades durante os dias úteis. Nesta data, no último sábado do mês, todas as unidades básicas de saúde da cidade fornecerão vacinas, das 8h às 17h. O objetivo é dar oportunidade para imunizar todos que necessitam.Nesta quinta-feira (18), ocorreu uma reunião no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, entre o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) do Estado de São Paulo e representantes das secretarias de saúde da região. Neste encontro, o GVE deu orientações operacionais para a campanha de vacinação contra a febre amarela, que começa no dia 25 de janeiro e contempla as sete cidades do ABC. A ação é preventiva, já que a região não possui áreas de risco. A partir desta data, todas as 27 unidades básicas de saúde da cidade passarão a fornecer vacina contra a febre amarela, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem a necessidade de distribuição de senhas.Para se vacinar, o munícipe precisa levar CPF, Cartão SUS e carteirinha de vacinação. A vacina é contra-indicada para diabéticos (que apresentem dificuldade em controlar o nível de glicemia); doadores de sangue; crianças com menos de 6 meses de vida; mães que estejam amamentando crianças menores de 6 meses; gestantes; pacientes com história pregressa de doença do timo (miastenia gravis, timoma); pessoas com reação alérgica grave ao ovo; pessoas que apresentaram reação de hipersensibilidade grave ou doença neurológica após dose prévia da vacina; transplantados e pacientes com doença oncológica em quimioterapia; imunossupressoras (quimioterapia, radioterapia, corticoides em doses elevadas); e pacientes em uso de medicações anti-metabólicas ou medicamentos modificadores do curso da doença (Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe, Ritoximabe).Até o momento, Santo André já vacinou 4.075 pessoas contra febre amarela. O município não teve nenhum caso autóctone de febre amarela registrado neste ano e nem no ano passado, e não registrou nenhum caso importado confirmado da doença neste ano. Também não houve nenhum registro de macaco morto pela doença. A cidade não passa por surto da doença.O mutirão que será realizado no dia 27 de janeiro terá como tema “Não vacile, vacine. Quem tem amarelo no peito, não tem Amarela no sangue”, em alusão à cor do brasão da cidade de Santo André. Tanto no mutirão, quanto na campanha que começa no dia 25, serão aplicadas doses fracionadas da vacina, com o objetivo de se ampliar o número de pessoas imunizadas. Essas doses possuem a mesma composição da versão completa, e protegem contra a febre amarela. A diferença é que as doses aplicadas atualmente protegem pela vida toda, enquanto a dose fracionada é válida por oito anos.

Santo André realiza mutirão de vacinação contra febre amarela no dia 27
Avalie esta notícia