Santo André retoma a construção da creche do Jardim Rina

Santo André retoma a construção da creche do Jardim Rina
Avalie esta notícia

Prefeitura de Santo André retomou
nesta quinta-feira (17) a construção da creche do Jardim Rina

Crédito: Ricardo Trida/PSA

A Prefeitura de Santo André retomou nesta quinta-feira (17) a
construção da creche do Jardim Rina, que vai atender muro de
320 crianças com idade entre 0 e 3 anos a partir do primeiro
semestre do ano que vem. O prefeito Paulo Serra esteve no lugar
para escoltar a retomada dos trabalhos. A obra teve início em
2015 e foi contratada por meio do Programa Proinfância, em que
o governo federalista caixa com 75% dos custos e o município com os
25% restantes. A construção foi paralisada em setembro do ano
pretérito porque a Prefeitura, na época, interrompeu o repasse
para o governo federalista, fazendo com que o Ministério da
Educação suspendesse o envio de verba para Santo André.

“O atendimento em creches é o grande gargalo do sistema de
ensino municipal. Nós não temos fileira de espera em ensino
fundamental, muito pouco no infantil, mas na creche o problema
é muito sério, são muro de 5 milénio crianças na fileira de espera.
Por isso é fundamental ter um cronograma de ações, que se não
for até 2020 vai até pelo menos até 2022, para que a gente não
tenha mais nenhuma criança fora da creche”, afirmou o prefeito
Paulo Serra. “Temos a previsão de gerar mais de 3,5 milénio novas
vagas com obras, e buscar alternativas, porquê parcerias, para
zerar esse déficit”, acrescentou.

O prefeito destaca que a retomada de obras está sendo possível
graças ao grande esforço no sentido de poupar e de melhorar
a gestão do gasto público, o que levou a Caixa Econômica
Federalista a louvar a avaliação financeira da cidade. “Usando o
termo mais popular, limpamos o nome de Santo André e agora
voltamos a ter crédito na  praça, o que nos permitiu
retormar obras porquê esta e iniciar grandes intervenções”,
explicou. Serra acrescentou que 25 obras estão sendo retomadas,
em áreas porquê saúde e educação, além de outras ações de
mobilidade urbana, do Pait (Projecto de Ação Imediata de Trânsito)
e intervenções nas comunidades.

A creche terá área de 2,8 milénio m² e está com muro de 22% da
obra construída. O investimento na construção é de R$ 6,1
milhões. “A previsão de término da obra, que consta no
contrato, é dezembro deste ano. Então poderemos equipar e
mobiliar a unidade para que possamos já ter atendimento de
crianças no início do ano que vem”, frisou a secretária de
Educação, Dinah Zekcer. Segundo a secretária, esta é exclusivamente a
primeira de várias unidades educacionais que tiveram as obras
interrompidas e que estão voltando a ser construídas pela
Prefeitura. A entrega das creches vai ampliar a capacidade de
atendimento da rede municipal, que passou a ter uma demanda
ainda maior nos últimos anos devido à crise econômica.

A próxima unidade a ter as obras retomadas será a creche do
Jardim Santo André, que está com muro de 67% das obras
executadas e também obrigaçãoá ser entregue no ano que vem. Em
fevereiro, a Prefeitura de Santo André anunciou a retomada das
obras de dez unidades que estavam programas mas foram
paralisadas por falta de repasse do município. Cinco destas,
inclusive, haviam sido descredenciadas pelo Ministério da
Educação devido à ausência completa de depósitos por segmento da
Prefeitura. Com as novas unidades, a cidade gerará 3,5 milénio
novas vagas em creche. Hoje são atendidas 8 milénio crianças em 33
unidades municipais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here