Santo André tem ato contra feminicídio

0
101

Grupos de movimentos estudantis e sociais realizam na tarde
desta quarta-feira jornada contra o feminicídio, em Santo
André. Na última semana, a cidade foi cenário de um delito do
gênero quando a jovem Gabrielly Dias de Macedo, 18
anos, foi espancada até a morte pelo ex namorado, o vigilante
Anderson Silva dos Santos, 24.

Tapume de 50 pessoas participam do ato, que partiu do Fórum da
cidade, sentido à estação ferroviária e a Rua Coronel Oliveira
Lima, onde panfletos sobre a questão da violência contra a
mulher foram distribuídos.

Os manifestantes pediram que o caso seja julgado uma vez que
feminicídio e não uma vez que homicídio qualificado por motivo fútil,
uma vez que foi registrado.

Muito emocionada, a mãe de Gabrielly, Mafalda Dias da
Silva, 41, participou da ação.
“A pena para esses crimes precisa ser maior, pois se fosse, os
homens pensariam milénio vezes antes de fazer. Não serei a última
mãe que vai chorar isso, se as coisas não mudarem”,
desabafou. 

Santo André tem ato contra feminicídio
Avalie esta notícia