Santo André vai à final do Troféu do Interno

0
163

Nem de perto o Santo André fez seu melhor jogo no Paulistão.
Entretanto, com um gol do predestinado bombeiro Henan, buscou
o empate em vivenda com o São Bento, por 1 a 1, e se garantiu na
final do Troféu do Interno. Agora, terá pela frente o Ituano,
em dois jogos, sendo o primeiro em Itu e o segundo no Bruno
Daniel – datas e horários serão definidos amanhã, em reunião na
Federação.

Apesar de a paridade ser suficiente para o Santo André
prometer a vaga, o técnico Sérgio Soares não optou por time
defensivo. Pelo contrário: apesar da suspensão do volante Dudu
Vieira, o treinador escalou o time com Renato, Fernando Neto,
Guilherme Garré, Serginho e Claudinho na fita meão do
campo, com Henan uma vez que o mais avançado do time.

O São Bento veio ao Grande ABC sonhando com a vaga. A equipe,
muito organizada pelo técnico Paulo Roberto, começou melhor, com
mais posse de esfera. Mas quem levou transe pela primeira vez foi
o Santo André. Aos 18 minutos, Guilherme Garré recebeu grande
esfera enfiada, tentou de primeira, mas a esfera subiu demais.
Pouco depois foi a vez de Henan tentar, mas a curva que aplicou
na redonda a fez transpor à direita do goleiro Rodrigo Viana.

A boa chance dos visitantes ocorreu aos 27, em cobrança de
falta de Ricardo Bueno que desviou na barreira e quase entrou
no quina de Roberto.

Quando a esfera rolou para o segundo tempo, o que se via era o
time visitante com mais ímpeto e organização. E foi fundamentado
nisso que o São Bento abriu o placar. Aos dez, após saída
errada da zaga, Wilson Júnior cruzou rastejador e Jobinho
empurrou para o gol.

Mas quem tem Henan, o bombeiro da salvação, não pode se dar
por vencido. Aos 31, Cicinho cruzou na medida para o atacante
marcar seu oitavo gol no Paulistão, igualar e legislar a
classificação andreense. 

Santo André vai à final do Troféu do Interno
Avalie esta notícia