SEHAL oferece consultoria e orientação para novos empreendedores

Antes de abrir qualquer negócio nas áreas de hotelaria e alimentação no Grande ABC, o empreendedor pode dirigir-se ao SEHAL (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC) para obter diversas informações e iniciar o estabelecimento de forma correta, desde o suporte jurídico com orientações para contratação, convenção coletiva e direitos dos empregados do setor, quanto às medidas para evitar problemas com a vigilância sanitária. O SEHAL fica na Rua Laura, 214, Santo André (próximo ao paço municipal).A entidade oferece apoio ao empreendedor, a partir da fase de planejamento da implantação do negócio. “Ele pode vir até aqui, podemos fornecer diversas orientações como as implicações legais. Tudo o que é necessário cumprir dentro da Lei para o funcionamento adequado do estabelecimento”, explica a advogada do SEHAL, Dra. Denize Tonelotto.Outras importantes consultorias são em relação a vigilância sanitária para os empreendimentos na área de alimentação. “O curso de higiene e manipulação para todos os empregados que manipulam alimentos, por exemplo, é obrigatório e, muitas vezes, o empresário não tem este conhecimento”, acrescentou a advogada. A consultoria passa por diversas informações, desde um programa de treinamento para funcionários, ao Manual de Boas Práticas, orientando para o armazenamento adequado dos alimentos, além de orientações jurídicas.Fundado há 75 anos, o SEHAL abrange cerca de oito mil estabelecimentos na Região, que representam cerca de 100 mil postos de trabalho, e atua em benefício do desenvolvimento da categoria. Entre as diversas atividades oferece reciclagem e capacitação profissionais.Em andamento – O apoio do SEHAL abrange também os estabelecimentos já constituídos. “Temos uma consultoria jurídica permanente, o que significa ter advogados à disposição. Os empresários podem nos procurar com seus departamentos contábeis e esclarecer todas as dúvidas”, explica Roberto Moreira, presidente do SEHAL.Denize Tonelotto explica que algumas orientações podem implicar em economia substancial da folha de pagamentos. “Muitas vezes, o empresário só descobre que está pagando o domingo e feriado em dobro, apenas quando vem aqui. Há uma maneira de otimizar o quanto gasta”, disse.

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais