Semasa intensifica trabalho de educação ambiental com jovens

Crédito: Semasa
Durante este ano, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) conseguiu aproximar mais jovens de Santo André da temática ambiental e realizar atividades de conscientização com mais de 300 adolescentes, que são de instituições educativas e socioeducativas.Com o projeto Agentes Ambientais Comunitários, os jovens e aprendizes da CLASA (Casa Lions dos Adolescentes de Santo André) receberam conhecimentos sobre as problemáticas ambientais relacionadas à importância da recuperação de áreas degradadas, bem como da preservação de espaços verdes recuperados no município. Os estudantes ainda foram capacitados para realizar o plantio de 300 espécies nativas em área próxima ao Aterro Sanitário de Santo André, ação que fez parte da compensação ambiental pela ampliação do aterro. Como resultado, eles desenvolveram o Trabalho de Conclusão de Curso com foco no tema recuperação de áreas degradas (maquetes confeccionadas com materiais recicláveis).O reflorestamento do aterro também contou com a participação dos alunos do curso técnico de Meio Ambiente da ETEC (Escola Técnica Estadual) Júlio de Mesquita.CIDADANIA AMBIENTALAs atividades do Semasa, realizadas pela Gerência de Educação e Mobilização Ambiental, permitem que os jovens e aprendizes exerçam a cidadania ambiental e consigam desenvolver atividades de sustentabilidade para que eles tenham a oportunidade de trabalhar com ações do tipo no mercado de trabalho.Os estudantes do Jeda (Juventude Esperança do Amanhã) foram contemplados com o projeto Cidadania Ambiental e Consumo Responsável, feito com o apoio da Secretaria de Cultura de Santo André, para sensibilizar sobre problemas ambientais ocasionados pela produção, destinação e disposição final de resíduos sólidos. Com a iniciativa, os jovens também tiveram oficinas de fotografia e edição de vídeo para trabalharem os aspectos ambientais.O Semasa ainda realizou com os alunos do Jeda o projeto Horta para Todos, cuja iniciativa tem foco na alimentação saudável, cuidados com hortas, técnicas de plantio e compostagem. Além de agregar mudanças de hábitos alimentares em jovens em situação de vulnerabilidade social, o projeto, que também contou a parceira do Departamento de Resíduos Sólidos da autarquia, possibilitou a discussão do tema empreendedorismo, enfatizando formas de geração de renda por meio da horta.FORMAR PARA RESSOCIALIZARDesde 2015, o Semasa desenvolve o projeto Formar para Ressocializar com adolescentes da Fundação Casa de Santo André, do Centro Socioeducativo Casa I e Casa II. Este ano os jovens participaram de atividades socioeducativas sobre questões ambientais, elaboradas também com a transmissão de filmes para fomentar o debate sobre o meio ambiente e promover a integração dos familiares com o socioeducandos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies