Sesc Santo André recebe “Cultura no Grande ABC”

Avalie a Matéria

Espetáculo Chocobrothers l
Crédito: Guilherme Luiz de Carvalho
A consultoria JLeiva Cultura & Esporte entrevistou 1.595 pessoas, com 12 anos ou mais, de sete cidades da Região do Grande ABC em busca de informações sobre os hábitos culturais e de lazer na região. Entre junho e julho de 2017, os entrevistados responderam a mais de 50 perguntas sobre diferentes aspectos da vida cultural, levadas a campo pelo Instituto Datafolha. Nas sete cidades pesquisadas – Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra – vivem cerca de 2,8 milhões de habitantes, aproximadamente 6% da população do estado de São Paulo.O lançamento da pesquisa “Cultura no Grande ABC” será em 6 de março, no Sesc Santo André, onde os principais resultados do estudo serão divulgados em evento aberto ao público e gratuito. A programação se estende ao longo do dia e para participar é necessária a inscrição no Portal Sesc SP, a partir do dia 22 de fevereiro. As mesas de debates, discussões e apresentações serão voltadas para todos os públicos, desde gestores culturais a agentes públicos, pesquisadores, artistas, acadêmicos e interessados no tema.Entre os resultados obtidos a partir do questionário baseado nos parâmetros do IBGE e do Critério Brasil, 30% dos entrevistados declararam espontaneamente preferir realizar atividades culturais no tempo livre, como ler, assistir a filmes e séries e ir ao cinema. Esse percentual representa cerca de 640 mil pessoas da região, considerando os dados do Censo de 2010. A pesquisa mostra também que o cinema é a atividade cultural mais realizada fora de casa e que, entre as cidades pesquisadas, São Caetano do Sul tem os maiores índices de acesso à cultura.A pesquisa pergunta sobre o grau de conhecimento de 19 equipamentos culturais da região e os mais lembrados são Sesc Santo André (74%), Teatro Lauro Gomes, em São Bernardo do Campo (65%), e Teatro Municipal de Santo André (60%).Na pergunta sobre os estilos de música mais ouvidos, o sertanejo ficou em primeiro lugar (50%), seguido pelo rock (27%) e pela MPB (25%). Entre os jovens, na faixa de 12 a 15 anos, o funk e o pop lideram, nessa ordem.Quando analisados a partir dos tradicionais recortes de escolaridade e renda, os dados revelam que a educação reduz a exclusão cultural e que a renda influencia o acesso a atividades culturais e de lazer. Outros dados relevantes da pesquisa serão divulgados durante o seu lançamento.O estudo “Cultura no Grande ABC”, realizado pela JLeiva Cultura & Esporte, pelo Ministério da Cultura e pela Secretaria de Estado da Cultura, foi viabilizado por meio das Leis Rouanet e ProAC ICMS. Teve o patrocínio da Braskem e do Instituto CCR e contou com o apoio do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e do Sesc SP.Este é o segundo levantamento realizado pela JLeiva Cultura & Esporte para conhecer melhor o comportamento, interesses e conhecimento cultural dos moradores da Região do ABC paulista. “O objetivo é gerar informações capazes de alimentar o trabalho do poder público, pesquisadores, produtores e patrocinadores para desenvolver ações que levem em consideração as características, os desejos e as necessidades da população”, afirma João Leiva, sócio-diretor da JLeiva Cultura & Esporte e idealizador do estudo.Programação de lançamento da pesquisa*A programação poderá sofrer alteraçõesSesc Santo André – Terça-feira (06.03)Endereço: R. Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar, Santo AndréTelefone: (11) 4469-1200Evento aberto ao público e gratuitoAs inscrições deverão ser feitas no portal do Sesc Santo André, a partir do dia 22 de fevereiro.HORÁRIOATIVIDADE09h30 – 10h00Credenciamento10h – 10h15Abertura10h30 – 13h00Mesa 1:“Uso do tempo livre e atividades culturais no Grande ABC”13h00 – 14h30Almoço14h30 – 16h00Mesa 2:“Público potencial, cultura e tecnologia e terceira idade”16h15 – 17h15Discussão nos grupos de trabalho17h30 – 18h15Apresentação da síntese das discussões e encerramento

Veja aqui onde pode realizar o Exame de Eletroneuromiografia em SP.