Sintomas do Novo Coronavírus – Infectologista SP – Dra Keilla

Sintomas do Novo Coronavírus – Infectologista SP – Dra Keilla

Período de Incubação
Acredita-se que o tempo entre o contato com o vírus e o aparecimento de sintomas seja de 2 a 10 dias.

Tempo de Transmissibilidade
A transmissibilidade ocorre até 7 dias após o aparecimento de sintomas. Mas não há dados suficientes para dizer quanto tempo antes do aparecimento dos sintomas inicia-se a transmissão.

Contudo, a coinfecção de outras infecções virais podem aumentar o tempo de transmissibilidade do vírus

É importante salientar que pessoas sem sintomas também podem transmitir o vírus.

Quão rápido o Novo Coronavírus se espalha
O número básico de reprodução de um agente infeccioso (conhecido como R0 ) ou capacidade de contágio, mostra o número médio de “contagiados” por cada pessoa doente

A Organização Mundial da Saúde – OMS estima que o R0 do Novo coronavírus seja 2,74. Algumas revisões sugerem que este valor seja ao redor de 3,28.

Para se ter uma ideia do que isso significa, o R0 do Ebola é de 1,5 a 2,5; do vírus influenza H1N1 em 2009, esta taxa foi de 1,5 e no sarampo é em torno de 15.

Sintomas do Novo Coronavírus
Novo Coronavírus: Tudo o que Você Precisa Saber – Permanente

– Tosse (67,8% dos casos sintomáticos)
– Febre (em pacientes jovens, idosos, imunossuprimidos pode não estar presente)
– Dispneia
– Dificuldade de respirar
– Produção de escarro
– Cefaleia
Dor de Cabeça
– Dor de Garganta
– Dificuldade para engolir
– Congestão conjuntival
– Rinorreia
– Nariz escorrendo
– Mal estar geral
– Mialgia
– Dor muscular
– Diarreia

Link deste Vídeo: https://youtu.be/EFPnZj-0QdM

Complicações do Novo Coronavírus

– Complicações respiratórias
– Pneumonia
– Síndrome Respiratória Aguda Grave
– Complicações cardíacas (como em qualquer doença aguda, devido a uma maior demanda cardio metabólica):
Arritmias cardíacas (16,7% em reporte de casos na China)
Lesão cardíaca aguda (7,2% em reporte de casos na China)
Insuficiência cardíaca aguda (relato de caso)
Infarto agudo do miocárdio (10%)
Miocardite (7,2%)
Choque cardiogênico (1-2%)
Parada cardíaca (relato de caso)
Infecção secundária
Sepse
Insuficiência renal
Falência de múltiplos sistemas
Rabdomiólise
Grave Lesão Muscular
Morte

Saiba mais em:
Tudo sobre o Novo Coronavírus: https://www.drakeillafreitas.com.br/novo-coronavirus/
https://www.drakeillafreitas.com.br/casais-com-hiv-podem-ter-filhos-livres-do-virus/
Facebook: https://www.facebook.com/infectologiahoje/
Instagram: @drakeillafreitas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies