Sono de Qualidade no Tratamento da Dor – Neurocirurgião Dr Victor Barboza

Há uma relação bidirecional entre dores e pouca qualidade do sono: as dores reduzem a qualidade do sono, e o sono ruim provoca dores. Sendo assim, um bom tratamento da dor crônica deve atuar também no sono do paciente.Sono e o Tratamento da DorÉ comum entre pessoas que apresentam dores crônicas como doenças reumáticas, lombalgia, fibromialgia, entre outras, reclamações de má qualidade do sono. São prevalentes as queixas de perturbações do sono como insônia, sono superficial e despertares frequentes durante a noite.Relação entre Dor e Má Qualidade do SonoAs dores crônicas afetam diretamente o sono do paciente, impedindo que ele penetre em um sono profundo e tenha uma noite restauradora; assim, o sono não consegue atuar compensando os processos dolorosos.Quanto mais profundo for o sono do paciente, menores serão os sintomas de dor durante o dia. Portanto, quando a qualidade do sono é ruim, os sintomas dolorosos tendem a aumentar.  Entretanto, além do reflexo das dores, é necessário também considerar outros fatores que alteram o padrão do sono, tais como: fatores emocionais, disfunção respiratória, uso de medicamentos, condicionamento físico e limitação das funções motoras.Pelo fato das dores crônicas interferirem na noite de sono, um bom tratamento deve levar em conta os distúrbios do sono do paciente, buscando a melhoria da qualidade de seu sono e a redução de suas dores.A Importância do Sono no Tratamento da DorO sono é um comportamento natural e involuntário que ocupa cerca de um terço da vida dos seres humanos: trata-se de uma atividade essencial na manutenção da saúde. Alterações nos padrões do sono são responsáveis por consequências nocivas a diversos sistemas fisiológicos.Sabendo que a relação entre qualidade do sono e intensidade das dores crônicas é recíproca, é primordial dar a uma boa noite de sono a importância que ela tem: enquanto você dorme, seu corpo recarrega as energias gastas no dia anterior, regula o seu metabolismo e realiza diversas funções essenciais para que você acorde com disposição para realizar suas atividades no dia seguinte.Muitas vezes, o hábito do sono não recebe a atenção que merece, mas é importante que todos tenham consciência de que os distúrbios do sono afetam diretamente sua vida, principalmente daqueles que sofrem de dores crônicas, agravando sua sensibilidade dolorosa.Estudos indicam que a privação do sono pode prejudicar diretamente o funcionamento dos sistemas endógenos inibitórios de dor. Embora essa relação ainda não esteja esclarecida, sabe-se que uma noite de sono de qualidade pode sim diminuir as dores e aumentar a qualidade de vida dos pacientes. Por isso, um bom tratamento de dor crônica deve ser voltado também à qualidade do sono.Dicas para uma Boa Noite de SonoExistem algumas recomendações que podem ajudar a melhorar a qualidade do seu sono e, consequentemente, diminuir a intensidade de suas dores. São elas:Determine um horário regular para dormir e acordar diariamente;Mantenha uma rotina de ao menos 8 horas de sono por noite;Utilize sua cama, de preferência, apenas para dormir (evite realizar outras atividades neste local);Torne aconchegante seu ambiente de dormir: regule a temperatura, mantenha-o escuro e longe de ruídos e incômodos;Deixe para pensar nos seus problemas durante o dia, quando você puder solucioná-los;Evite realizar exercícios físicos intensos antes de dormir;Não ingira cafeína, alimentos ou bebidas estimulantes quando estiver próximo do horário de dormir: eles interferem no padrão do sono. Evite também bebidas alcoólicas.A alimentação também pode influenciar na sua noite de sono; mantenha uma alimentação saudável.Sono de Qualidade no Tratamento da DorVotar

Sono de Qualidade no Tratamento da Dor – Neurocirurgião Dr Victor Barboza

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies