Sto.André implanta Projeto Radar em parceria com a PM

0
207

Santo André assinou convênio para implantação do Projeto Radar
em parceria com a PM (Polícia Militar) no Grande ABC.
Inicialmente são 17 equipamentos, de um totalidade de 93, que devem
receber software que possibilita a identificação de veículos
roubados ou furtados. As informações são transmitidas para
viaturas da PM, da Polícia Social e da GCM (Guarda Social
Municipal).

O Paço oficializou a implantação do projeto ontem, em reunião
do Comitê Integrado de Segurança, no Paço, com presença do
comandante do 41º Batalhão, tenente-coronel Paulo Roberto
Vieira, e do prefeito Paulo Serra (PSDB). Inicialmente, não
possuirá custos, já que os radares estão implantados e a
tecnologia é da polícia. “A partir da próxima semana faremos o
piloto do projeto. A base será na Rua Ilhéus, onde já temos o
monitoramento do trânsito”, disse o prefeito.

Conforme explicou o encarregado de operações do CPA/M-6 (Comando de
Policiamento de Área Metropolitana 6), capitão Vlamir Machado
Luz, a implantação é feita em aparelhos que possuem cabeamento
de internet. Quando um veículo roubado ou furtado passa por
ele, a placa e demais informações são transmitidas ao tablet
das viaturas. “Além da placa, é informado protótipo, cor e demais
características. É possível saber até qual o sentido que o
veículo se locomove.”

Segundo o prefeito, a previsão é a de que o convênio com o
Estado para a implantação definitiva seja assinado ainda neste
mês. A expectativa é que ainda neste ano todos os radares
recebam a tecnologia do projeto. “(O Radar) É semente da nossa
meão de monitoramento, que está em nosso projecto de governo e
queremos implementar ainda neste ano”, afirmou Paulo Serra. A
intenção é integrar departamento de engenharia de tráfego,
Resguardo Social e GCM. “A teoria é que no porvir o sistema também
consiga ver licenciamento e IPVA procrastinado”, adiantou o encarregado do
Executivo.

A demanda é antiga na corporação. A coronel Claúdia Rigon,
comandante da PM na região por oito meses, entre 2014 e o
início de 2015, trouxe a tarifa para o Grande ABC, destacando os
resultados da implantação em Guarulhos. O coronel Marcelo
Cortez Ramos de Paula, à frente do comando por pouco mais de
dois anos, teve a implantação porquê uma das bandeiras – São
Caetano teve projeto piloto em 2015. A tecnologia possibilitou
que em fevereiro a PM prendesse três ladrões após roubarem mansão
lotérica na cidade. O veículo foi identificado na Marginal do
Pinheiros, em São Paulo, onde os policiais prenderam os homens.

O atual comandante da PM na região, coronel Paulo Henrique
Fontoura Faria, disse que a expectativa é que a implantação
impacte nos roubos e furtos de veículos da região. Ele afirmou
que o ponto deve ser abordado com outros municípios.
“Conversaremos no momento oportuno para verificar a
possibilidade da instalação.” 

Sto.André implanta Projeto Radar em parceria com a PM
Avalie esta notícia