Teatro para promover reflexão

0
92

O que o avanço do tempo pode provocar nas relações familiares é
um pouco que não se pode prever. A terceira (melhor) idade pode
trazer com ela a inversão dos papéis, e quem sempre esteve em
posição de cuidador acaba precisando de cuidados. É isso o que
retrata o espetáculo O Pai, que chega ao Teatro Municipal de
Santo André amanhã, às 21h, e domingo, a partir das 19h.

Protagonizado por Fulvio Stefanini, que neste ano celebrou seis
décadas de curso, o texto do dramaturgo francês Florian
Zelle acompanha a relação entre a filha e o pai idoso, que
começa a perder a memória e necessita de cuidados cada vez mais
específicos. “Ele passa a não saber mais quem é quem. Mas todo
esse processo é feito de forma ligeiro e tem até uma certa graça,
embora seja um drama. E tem um final surpreendente”, conta o
ator, que está em papeleta com a peça desde agosto.

O texto já recebeu montagem em diversas cidades do Exterior,
uma vez que Buenos Aires, Londres e Paris – onde recebeu o Premio
Molière de melhor espetáculo. “Eu vi em Buenos Aires. Lá eles
privilegiaram o lado engraçado. A nossa montagem é mais leal ao
original, embora também tenha momentos engraçados. Ela começa
de uma forma mais ligeiro, mas a partir de um determinado momento
cai a ficha do público e a pessoa pensa: ‘Espera, eu estou
rindo do quê?’”, explica ele.

A direção é de Léo Stefanini, rebento do ator, e, apesar de eles
já terem trabalhado juntos em outra ocasião, foi a primeira vez
que compartilharam o processo teatral do início ao término, desde a
montagem até a apresentação para o público. “Para minha
surpresa, foi um trabalho maravilhoso. Não porque é meu rebento,
mas o Léo tem o DNA do diretor. E o curioso é que durante os
ensaios eu não o via uma vez que meu rebento e nem ele me via uma vez que pai,
mas sim uma vez que diretor e ator”, explica.

Os ingressos custam R$ 40 e R$ 80 e estão à venda nos sites
www.bilheteriaexpress.com.br e www.compreingressos.com, além da
bilheteria do teatro.

O Pai – Peça – No Teatro Municipal de Santo André (Praça 4º
Centenário). Sábado, às 21h, e domingo, a partir das 19h.
Ingressos: R$ 40 e R$ 80.
 

Teatro para promover reflexão
Avalie esta notícia