Término de semana de natalício de Santo André reúne milhares de pessoas

0
222

Término de semana de aniversário de
Santo André reúne milhares de pessoas

Crédito: Júlio Bastos/PSA

Um domingo com tempo agradável e propício para diversas
atividades de lazer. Esta foi a receita para os moradores de
Santo André neste termo de semana em que a cidade comemorou 464
anos. Milhares de pessoas participaram do “Viva nos Parques,
Viva Santo André”, que compilou no calendário de aniversário
diversas atrações nos parques Prefeito Celso Daniel, Regional
da Criança (Palhaço Estremilique) e Chárostro Pignatari, além do
CEU Marek.   

Abrindo o calendário do Viva nos Parques, Viva Santo André, o
maestro da Ossa (Orquestra Sinfônica de Santo André), Abel
Rocha, brindou o público presente no parque Prefeito Celso
Daniel com um repertório diferenciado. “Vamos fazer cá uma
música boa para ouvirmos num domingo de manhã, em um sítio
destapado e belíssimo porquê oriente, variando o repertório”, destacou.

O prefeito Paulo Serra e a primeira-dama Ana Carolina Barreto
Serra prestigiaram a apresentação. Antes da introdução do
concerto da Ossa, o prefeito frisou para o público que todo o
interesse que as pessoas estão demonstrando vão levar a cidade
para um novo caminho. “Quero agradecer a toda a dedicação das
pessoas, para que possamos restituir as referências e os
exemplos que tanto queremos. Fizemos uma extensa programação,
com eventos culturais de insignificante dispêndio, para que Santo André,
pouco a pouco, coloque a mansão em ordem, com muita
transparência”, completa.

Serra disse ainda que o Viva nos Parques, Viva Santo André é
mais um incentivo para a população aproveitar o que a cidade
tem de melhor. “Vou me sentir satisfeito com o legado que
queremos deixar, uma cidade devolvida para as pessoas, para que
elas voltem a ocupar os espaços públicos que são delas”,
apontou.

O Parque Prefeito Celso Daniel recebeu ainda uma Intervenção
fotográfica com a artista Sheyla Silva, que com palavras-chave
impressas, e atrás de um banner, fez registros dentro do
parque. As imagens serão publicadas no Facebook ‘Cultura – PSA’
com a marca #santoandreeuamoeucuido para que todos possam
visualizá–las e compartilhá–las. “Várias pessoas vieram
escolher palavras de carinho pela cidade. Resido em Santo André
há 12 anos, minha formação foi cá e permaneço realizando
oficinas e dando aulas nesta cidade”, cita a artista.

Todos os demais parques da cidade receberam ainda a oficina de
retrato de rua com o Coletivo #Ligeiro Pra Você, que contou com
dicas, informações e referências sobre a retrato de rua e
com uma exposição fotográfica produzida pelo coletivo com
imagens fixadas em diversos locais.

O Parque Chárostro Pignatari recebeu neste domingo diversas
atividades, porquê a Feira Livre do Vinil, que proporcionou aos
amantes dos discos uma opção para aumentar a sua coleção. Um
dos participantes da feira, Luís Antônio de Oliveira Rodrigues,
conta sua paixão pela música. “Trabalho com vinis há 16 anos e
tenho vários estilos musicais na minha lista. Na verdade
minha paixão por discos começou por conta das trilhas de
novelas e também por gostar muito do cantor Elton John. Com
isso acabei me envolvendo com outros estilos e bandas que
existem”.

Nas cestas de vinis espalhadas pelo parque, Elcio Alexandrini
Matos, de 45 anos, conta que sempre gostou de música se
dedicando aos LPs a partir dos 16 anos. “Dos bailes fui para a
período dos shows, no caso os de rock. Para curtir as bandas que
tínhamos disponíveis comecei a comprar os vinis, Tenho em mansão
uma coleção de mais de 150 discos e sempre procuro mais opções
para aumentar a coleção”, completa.

O Parque Regional da Criança recebeu, entre a série de
atividades, o projeto Locomotivo, constituído por uma orquestra de
crianças e adolescentes de Santo André. Livia De Olinni, 11
anos, conta que sua mãe conheceu uma amiga que estudava no
projeto e queria tocar violino. “Ingressando cá, há sete
meses, consegui aprender a tocar o violino e a tocar um outro
instrumento, o  contrabaixo acústico. Agora estou na
Escola de Música Municipal de São Paulo, justamente por ter
estudado cá”, completa, sorridente. A Margem Lira e a
orquestra de violeiros da Emiacidade complementaram o
calendário de atividades do parque.

O CEU das Artes Acylino Belisomi, localizado no Jardim Marek,
recebeu o nome de seu equipamento aplicado na frontaria com
técnicas de grafite.  Os reconhecidos artistas andreenses
Tota, Jhesse e Danone realizaram a ação junto à comunidade.
“Cá vamos criar o nome do espaço com letras estilizadas ao
grafite e teremos a contribuição da comunidade, para
preenchermos de forma harmônica e livremente neste espaço,
mesclando o trabalho de artistas profissionais com a
comunidade”, afirmou Tota.

A extensa programação de aniversário da cidade prossegue com
diversas atrações. Para conferir, basta acessar o site da
Prefeitura de Santo André (www.santoandre.sp.gov.br) e clicar
no ícone dos 464 anos do município.

Término de semana de natalício de Santo André reúne milhares de pessoas
Avalie esta notícia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here