O Procon Municipal de Santo André realizou 15.150 atendimentos
entre janeiro e dezembro de 2016. Divulgados anualmente a cada
15 de março, data em que é festejado o Dia Internacional do
Consumidor, os números deste ano trazem porquê surpresa a área de
comércio eletrônico na liderança do ranking, tendo superado até
mesmo o ramo de telefonias fixa e celular.

Durante o período, a empresa CNOVA COMERCIO ELETRÔNICO S.A, que
representa as lojas eletrônicas do Extra, Ponto Insensível, Casas
Bahia e Barateiro, ficou à frente da lista de reclamações
fundamentadas do Procon de Santo André, com totalidade de 100
queixas, um aumento de 285% em relação ao ano anterior. Em
segundo lugar aparece o Grupo Vivo / Telefônica com 99
reclamações, uma redução de 35% na comparação com 2015. O grupo
constituído pelas empresas CLARO, NET e EMBRATEL (AMÉRICA MÓVIL)
compõe o terceiro lugar no ranking com um montante de 66
ocorrências no ano pretérito.

A maior ascensão no ranking é da ASSOCIAÇÃO BRASIL DE APOIO AOS
APOSENTADOS PENSIONISTAS E SERVIDORES PÚBLICOS (ASBP), que
neste ano ocupa a quarta posição. A empresa configura 40
reclamações fundamentadas no Procon de Santo André, tendo
trazido consigo uma grande quantidade de aposentados e
pensionistas que procuram o Órgão para auxilio quanto a não
prestação de serviço por secção da empresa. Labareda a atenção a
baixa taxa de solução destes casos por secção da Associação, que
não chega a 30%.

Após os primeiros registros de queixas no órgão, os próximos
passos consistem em consultas, orientações, atendimentos
preliminares (contato telefônico), envio de Cartas de
Informações Preliminares (quando não solucionada a questão no
acionamento inicial) e formalização de reclamações
fundamentadas com a realização de audiência de tentativa de
conciliação, última esfera de atuação administrativa por meio
do Procon.

Dia Internacional do Consumidor

Em comemoração ao dia internacional do consumidor, festejado
nesta quarta-feira (15), o Procon Municipal de Santo André,
está programando um mutirão no calçadão da Rua Cel. Oliveira
Lima, com distribuição de material educativo. O evento acontece
das 10h às 12h e das 14h às 16h.

Transacção eletrônico lidera reclamações no Procon de Santo André
Avalie esta notícia