Transtorno depressivo ansioso: Causas e quais os sintomas

O transtorno depressivo ansioso é um problema psiquiátrico que atinge milhares de pessoas ao volta do mundo, apesar de não ser tão falado quanto a depressão e a impaciência. Esse transtorno zero mais é do que a junção desses dois problemas, que por si só já trazem sintomas zero agradáveis, e quando se juntam ficam ainda piores.Veja também:Ao reunir sintomas dos dois problemas, o transtorno cria na vida da pessoa uma rotina de tristeza e preocupação que nunca vai embora. Esse problema pode afetar todos os setores da vida de uma pessoa, mas pode ser tratado se o tipo buscar por ajuda. A seguir, entenda melhor sobre o que é o transtorno, veja suas causas, sintomas e modos de tratamento.Entenda o que é o transtorno depressivo ansioso Esse transtorno é um misto de depressão com impaciência. Essa situação pode ser facilmente comparada com o veste de uma pessoa ter hipertensão e diabetes, os dois ao mesmo tempo. A pessoa pode ter o transtorno depressivo e mourejar com sintomas da impaciência generalizada.Além da pessoa poder ter essa impaciência generalizada com o transtorno depressivo, dependendo da situação, ela pode vir a desenvolver outros problemas, uma vez que síndrome do pânico.Quais são as causas desse transtorno? O transtorno depressivo ansioso ainda não possui uma desculpa definida, o que não é nenhuma novidade. Entretanto, com base em estudos e casos já conhecidos, especialistas acreditam que o problema possui uma base genética e que pode ser desencadeado por gatilhos. Por exemplo, a morte de um parente, problemas financeiros e outros tipos de problemas na vida podem ser o grande gatilho para que a pessoa venha a desenvolver o transtorno.Um tipo que possui depressão pode vir a desenvolver a impaciência, assim uma vez que aqueles que lidam com a impaciência podem vir a suportar com a depressão.Sintomas do transtorno depressivo ansioso Esse transtorno se caracteriza por envolver sintomas de mais de um problema psíquico, por isso o tipo pode apresentar sintomas de depressão e impaciência. Ambos podem manar ao mesmo tempo ou de forma separada em determinadas situações.Os principais sintomas do transtorno são os seguintes: falta de ar, delírio, mudanças no gosto, dor de bojo ou nas costas e no peito, dificuldade para se concentrar, mudanças no sono, cansaço, aperto no peito, fala muito rápida, susto permanente, nervosismo, perda de memória, preocupação em excesso, mal-estar, tontura, tristeza profunda, sensação de que um tanto ruim vai sobrevir, entre outros.Tratamento indicado para o transtorno O tratamento do transtorno consiste no uso de medicamentos prescritos pelo médico psiquiatra, combinado com consultados em um psicólogo. O tratamento tende a ser longo, mas geralmente surte resultados. O que pode sobrevir é da tratamento ser permanente e a pessoa voltar a desenvolver o transtorno. Quando isso sobrevir, o tipo deve voltar com o tratamento e tomar a medicação por um tempo maior.O psiquiatra pode indicar remédios antidepressivos ou ansiolíticos, mas você deve seguir a posologia e o tempo de uso recomendado. Curtiu a material? Veja mais na nossa página inicial do Passo a Passo.