Vazamento de esgoto desculpa transtornos

0
82

 Vazamento de esgoto na Rua Tupi, na Vila Valparaíso, em
Santo André, tem causado transtornos para moradores que residem
na área. Segundo vizinhos, chamados registrados junto ao Semasa
(Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André)
desde 2016 para solução do problema não têm sido suficientes
para sanar a vazão de água.

Morador da via há 41 anos, João de Deus Martinez, 75, é um dos
prejudicados com o problema. O vazamento do esgoto no entorno
do seu imóvel durante o período de chuvas o deixa preocupado
com possível rompimento da calçada da residência. Com protocolo
registrado junto ao Semasa no ano pretérito, ele afirma que
equipes vão ao lugar, mas não resolvem o problema no
entroncamento entre as ruas Tupi e Monte Cumeeira. “Ficam as
pendências. Quando está chovendo, o esgoto vaza e joga as fezes
para fora, chegando às calçadas”, conta.

Segundo Martinez, o vazamento tem causado o soçobro do solo
uma vez que consequência da infiltração de esgoto que passa por plebeu
da via. “O sistema não consegue dar conta do recado com essa
manilha. A galeria de águas pluviais não dá conta. Não
conseguimos superar essas deficiências, tenho pânico de entrar
com meu carruagem e a calçada soçobrar de vez”, diz.

João Antônio Reche Lima, 66, afirma que o esgoto vaza na rua e
leva a sujeira para as calçadas. “O Semasa vem e desentope, mas
no outro dia está entupido. A manilha é de 50 anos atrás”,
aponta.

Segundo o Semasa, uma equipe da autonomia já esteve no lugar do
vazamento de esgoto na Rua Tupi, porém, constatou que o serviço
exigia trabalho mais multíplice. Por isso, para sanar o problema,
as intervenções foram programadas para leste termo de semana.

 

Vazamento de esgoto desculpa transtornos
Avalie esta notícia