Victor Frankstein – Comentários

0
514

Depoisdasessao.com.br

Acompanhando as estréias da semana, vamos falar de Victor Frankstein!
O filme Victor Frankstein (Victor Frankenstein) lançado em 2015 foi dirigido por Paul McGuigan, com roteiro de Max Landis. O filme é mais uma adaptação baseado na história contemporânea de romance de 1818, Frankenstein, da autora britânica Mary Shelley. Em 2014 foi lançado Frankenstein: Entre Anjos e Demônios.
Dessa vez o enredo do filme é contado a partir da perspectiva de Igor, o filme mostra as origens obscuras do jovem assistente conturbado e sua amizade redentora com o jovem estudante de medicina, Victor Von Frankenstein.
Igor Strausman (Daniel Radcliffe), assistente do brilhante Victor Frankenstein (James McAvoy), acompanha com horror a transformação de seu mestre de cientista idealista a obcecado sem controle, limite ou ética. Fiel ao colega, ele tenta salvá-lo antes que a loucura vá longe demais e gere terríveis consequências.
A fotografia do filme mostrando uma Inglaterra atemporal é muito interessante, eu sou normalmente contra aos filmes em 3D que não utilizam a tecnologia para intensificar a experiência, mas que usa o 3D somente para aumentar o preço do ingresso. No caso desse longa-metragem a fotografia merecia um 3D de profundidade, com certeza deixaria ainda mais impressionante.
A trilha sonora na verdade é mais interessante e estimulante no trailer do que propriamente no filme, mas foi bem escolhida.
O filme conta com Daniel Radcliffe, James McAvoy, Jessica Brown Findlay, Andrew Scott e Charles Dance, em seu elenco.
A versatilidade de James McAvoy surpreende, Andrew Scott tem uma presença muito forte em tela. Já Daniel Radcliffe pareceu um pouco deslocado, mas acho que isso se deve ao fato de que mesmo tendo já participado de vários projetos, ele continua com sua imagem atrelada, para não dizer presa, a franquia Harry Potter.
Um ponto interessante do roteiro do filme é que embora o filme se venda como uma reinvenção da história original por contá-la do ponto de vista de Igor, o ajudante do Dr. Frankenstein, o personagem não existe na obra original de Mary Shelley.
O filme não é propriamente de terror, mas os efeitos visuais criaram criaturas bizarras. A direção de arte do filme trabalhou muito bem, o figurino dos personagens também ficou interessante.
O único problema do filme é que o roteiro é facilmente esquecível, mas é um bom entretenimento. Então fica a dica, confiram o  filme Victor Frankstein e deixem suas impressões nos comentários.

Vejam o trailer aqui em baixo:
Conteúdo provido por it9.com.br
O post Victor Frankstein – Comentários apareceu primeiro em Depois da Sessão de Cinema.
Fonte: Depois da Sessao

Victor Frankstein – Comentários
Avalie esta notícia