Quais são os 4 tipos de tonturas que existem

Quais são os 4 tipos de tonturas que existem

A tontura é um sintoma de alguma alteração no organismo, que nem sempre indica uma doença ou condição grave e, na maioria das vezes, acontece por uma situação conhecida como labirintite, mas também pode indicar alterações no equilíbrio, alterações na função do coração ou efeito colateral de medicamentos.

Outra situação muito comum é a tontura ao levantar, que acontece por uma situação conhecida como hipotensão ortostática, na qual a pressão arterial diminui porque a pessoa se levanta muito rapidamente. No entanto, este tipo de tontura é passageira e melhora em poucos segundos.

É mais comum que a tontura surja em idosos, entretanto, também acontece em jovens, e pode surgir em diferentes situações a depender da causa, como ao estar deitado, comum na labirintite, ao se levantar, que surge por quedas de pressão, ou ao fazer algum esforço físico, que acontece em problemas cardíacos ou da pressão.

Sempre que surgem episódios repetidos de tontura, é recomendado agendar uma consulta com o clínico geral ou médico de família para que sejam investigadas as causas possíveis, entretanto, se a tontura for muito forte ou prolongada, durante mais de 1 hora, é recomendado ir ao pronto socorro para uma avaliação e tratamento mais rápidos.

1. Vertigem ou Labirintite
A labirintite é a causa mais comum de vertigem, é o tipo de tontura que dá a sensação que tudo está girando ao redor, que pode vir acompanhada de enjoo e zumbido, e normalmente acontece por alterações no ouvido. A vertigem costuma dar tontura mesmo ao estar deitado, e é comum que ela seja desencadeada com movimentos feitos com a cabeça, como virar de lado na cama ou olhar para o lado.

2. Desequilíbrio
A sensação de desequilíbrio é outra importante causa de tontura, e acontece por causar a sensação de estar cambaleante ou com perda do equilíbrio. Esta situação pode causar um tontura constante e, geralmente, acontece nos idosos ou em situações de:

Alterações da visão, como catarata, glaucoma, miopia ou hipermetropia;
Doenças neurológicas, como Parkinson, AVC, tumor cerebral ou Alzheimer, por exemplo, pancada na cabeça, que pode causar lesões temporárias ou permanentes na região cerebral que regula o equilíbrio;
Perda da sensibilidade nos pés e pernas, causada pelo diabetes;
Consumo de álcool ou drogas, que alteram a percepção e a capacidade de funcionamento do cérebro;
Uso de remédios que podem alterar o equilíbrio, como Diazepam, Clonazepam, Fernobarbital, Fenioína e Metoclopramida, por exemplo.

3. Queda de pressão
A tontura que acontece por alterações cardíacas e da circulação é chamada de pré-sincope ou hipotensão ortostática, e surge quando a pressão cai e o sangue não é bombeado adequadamente para o cérebro, causando a sensação de desmaio ou de escurecimento e surgimento de pontos brilhantes na visão.

Este tipo de tontura pode surgir ao acordar, levantar, durante um exercício ou, até mesmo, de forma repentina ao estar parado. As principais causas são:

Queda brusca da pressão, chamada de hipotensão ortostática, e surge por um defeito no ajuste da pressão, que normalmente não é grave, e acontece por mudanças na postura, como se levantar da cama ou cadeira;

Outras situações, como anemia e hipoglicemia, apesar de não causarem queda da pressão, alteram a capacidade do sangue levar oxigênio e nutrientes para as células cerebrais, e podem causas a sensação de tontura.

4. Ansiedade
Alterações psicológicas, como depressão e ansiedade causam tontura, pois desencadeiam a síndrome do pânico e de alterações na respiração. Estas situações provocam uma tontura que, geralmente, é acompanhada de falta de ar, tremores e formigamento nas extremidades, como mãos, pés e boca.

Me acompanhe nos outros canais:

Site: https://willianrezende.com.br/
Facebook: http://facebook.com/neurologiahoje
LinkedIn: http://linkedin.com/in/willian-rezend

Inscreva-se no canal para saber tudo sobre neurologia, parkinson, insônia, dor miofacial, apneia do sono, alzheimer, esclerose múltipla, epilepsia, AVC, dor de cabeça e muito mais.

– Veja outros vídeos do canal:

Neurologista – Para Que Serve o Neurologista
https://youtu.be/VrI6bkaixf0

Epilepsia – O Que é Epilepsia
https://youtu.be/K1Lr3uGUejM

Alzheimer – Quais São os Primeiros Sintomas do Alzheimer
https://youtu.be/H5MHNBAflJY

Saliva – Porque Eu Tenho Muita Saliva – Sialorreia
https://youtu.be/bZxN8Jj1DkE

Parkinson – O Que é Mal de Parkinson
https://youtu.be/Ztrg9m3L5lE

Tremor no Olho – Porque Meu Olho Treme
https://youtu.be/TQv0D1LkA78

Epilepsia – Como Curar Epilepsia
https://youtu.be/Bq7A8L7vDAg

Sequelas do AVC – Como Tratar as Sequelas do AVC
https://youtu.be/DHDlCDnrHlU

Insônia – Como Acabar Com a Insônia
https://youtu.be/YigIHG8PD8Q

Pernas Inquietas – Como Aliviar Síndrome das Pernas Inquietas
https://youtu.be/7NSxY0wP8bs

#tontura #neurogeral

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here