Início Vídeos da Área da Saúde

Vídeos da Área da Saúde

Que exames devem ser realizados para descobrir a causa de um desmaio?video

Que exames devem ser realizados para descobrir a causa de um desmaio?

Quando o fluxo de sangue para importantes áreas diminui, o cérebro se vê privado momentaneamente de glicose, oxigênio e outros nutrientes e, dependendo desse grau de privação, pode “desligar” por poucos segundos ou sofrer danos irreversíveis. Por este motivo, o desmaio é encarado com tanta importância pelo médico, devendo ser investigado e tratado com atenção. Existem várias causas para os desmaios, algumas são simples mas pode ser algo grave, indo de baixa de glicose no sangue, problemas psicológicos, psiquiátricos ou até mesmo arritmias cardíacas. Quanto mais avançada a idade da pessoa que sofre o desmaio, mais importante é a investigação médica. Veja neste vídeo como realizamos estes procedimentos diagnósticos. Quer saber mais sobre o diagnóstico dos desmaios? Então, acesse: https://www.willianrezende.com.br/category/noticias/desmaios/
Porque devemos visitar um médico antes de viajarvideo

Porque devemos visitar um médico antes de viajar

Quando viajamos, acabamos expostos a alguns riscos que dificilmente estão expostos nas revistas de turismo. O Médico Infectologista avalia cada risco que a pessoa estará exposta de acordo ao: Local de destino da viagem Objetivo da Viagem: Turismo, Trabalho Pelas características específicas da viajem em si. O médico infectologista poderá avaliar: Local de destino Período do ano em que se realizará a viagem, Objetivo (turismo, trabalho, estudo) Tempo de permanência no local Locais de estadia (hotéis, cruzeiros, acampamentos, casa de pessoas que moram no lugar) Tipos de atividades (contato com animais, água, deserto, mergulho, escalada, etc) Bactérias A microbiota natural do nosso organismo e nosso entorno estão em equilíbrio. Ao mudarmos de ambiente podemos ter contato com bactérias as quais não estamos acostumados, além da mudança da alimentação Com isso ficamos mais propensos a problemas como gases, constipação e diarreias. Existem uma serie de medidas que podemos tomar antes das viagens. Entre elas estão as vacinas. Existem vacinas que servem para nos proteger de doenças que circulam nestes países Outras servem para proteger as pessoas que vivem nestes países de doenças que não são comuns nelas. Além disso, existem uma serie de medidas preventivas que precisam ser feitas, de acordo cada situação em específico. Saiba mais sobre o assunto em: https://www.drakeillafreitas.com.br/vacinar-se-antes-de-vajar/
Como a doença de Parkinson afeta o estômago e o intestino?video

Como a doença de Parkinson afeta o estômago e o intestino?

A doença de Parkinson, no seu estágio inicial, apresenta alguns sinais que podem ser facilmente confundidos com outras doenças, o que atrasa o diagnóstico e o tratamento. Entretanto, os sintomas variam de pessoa para pessoa. O Parkinson envolve a morte dos neurônios presentes em uma parte do cérebro chamada substância negra, responsável pela produção do neurotransmissor dopamina, responsável por diversas atividades nos seres humanos como movimento, memória, sistema de recompensa, comportamento, cognição, atenção, sono, humor e aprendizagem. Além disso, a doença de Parkinson afeta órgãos como fígado, rins, coração, estômago, intestino, bexiga, entre outros. Saiba mais sobre os efeitos da doença sobre o sistema digestivo, assistindo a este vídeo. Quer saber mais sobre os sintomas da doença de Parkinson? Então, acesse: https://www.willianrezende.com.br/sintomas-da-doenca-de-parkinson/
Pessoa vacinada contra a hepatite B pode se infectar?video

Pessoa vacinada contra a hepatite B pode se infectar?

Existe duas principais causas para que uma pessoa que já foi vacinada pela hepatite B , se infecte. 1ª: A pessoa já estava infectada pela hepatite B quando se vacinou. Muitas vezes, a pessoa se infecta pela hepatite B e não apresenta sintomas. Muitas vezes não se pede exames para exclusão do diagnóstico antes de se indicar a vacina e neste contexto, a vacina já não tem mais efeito. 2ª: Não houve resposta vacinal Algumas pessoas precisam de doses adicionais da vacina para ficar protegidas. Como não é usual a confirmação da resposta vacinal após o termino do esquema, a pessoa pode estar desprotegida para o vírus, mesmo tendo tomada as 3 doses da vacina. Saiba mais sobre a Hepatite B em: https://www.drakeillafreitas.com.br/hepatite-b-o-que-voce-precisa-saber/
Como é Feito o Tratamento do Tremor Essencial?video

Como é Feito o Tratamento do Tremor Essencial?

A principal razão para buscar tratamento para o tremor essencial seria quando os sintomas estão interferindo nas atividades diárias. Quando o tremor ocorre somente em uma das mãos, na cabeça e está associado a rigidez, lentidão ou desequilíbrio, ou até mesmo se iniciou após os 65 anos de idade, também é necessário buscar auxílio médico. Embora ainda sem cura, o tremor essencial pode ter melhora em torno de 60 a 80% dos casos. Veja neste vídeo como realizamos o tratamento do tremor essencial. Saiba mais sobre o tremor essencial em nosso site: https://www.willianrezende.com.br/tremor-essencial-novas-orientacoes-de-tratamento/
Por que a enxaqueca pode piorar, mesmo tomando os remédios corretamente todos os dias?video

Por que a enxaqueca pode piorar, mesmo tomando os remédios corretamente todos os dias?

Às vezes, ouvimos o paciente dizer que toma todos os remédios corretamente e, mesmo assim, as crises de enxaqueca se tornam mais frequentes e intensas. Existem alguns fatores para isto, que estão relacionados ao tipo de remédio que o paciente está tomando, ao seu estilo de vida e também ao tipo de dor de cabeça que ele possui. Veja neste vídeo como lidamos com este problema, para diminuir as crises de enxaqueca e melhorar a qualidade de vida do paciente. Em seguida, saiba mais sobre a enxaqueca em nosso site: https://www.willianrezende.com.br/?s=enxaqueca
Coisas que abaixam a imunidade.video

Coisas que abaixam a imunidade.

Nossa imunidade é formada por várias células, cada uma com uma função diferente e que protegem nosso organismo contra invasores que pode lhe fazer mal. Saiba mais em: https://www.drakeillafreitas.com.br/imunidade-saiba-mais/ Imunodepressão ou imunossupressão é o estado de imunidade baixa. Existe varias condições que podem abaixar a nossa imunidade: Doenças crônicas, infecciosas ou não. Imunodeficiências primarias, Medicações Depressão Cansaço Estres Ansiedade Etc.
Preciso parar a minha vida para cuidar de um familiar com a doença de Alzheimer?video

Preciso parar a minha vida para cuidar de um familiar com a doença de...

A Doença de Alzheimer é a responsável por mais da metade dos quadros de demência, provocando um declínio progressivo e global das funções cognitivas. Dessa forma, tanto os pacientes quanto seus familiares acabam encontrando, em seu dia-a-dia, diversas implicações e dificuldades. O cuidador de um paciente com Alzheimer se envolve em todas as tarefas que permeiam a vida do paciente e, geralmente, acaba desempenhando funções além de suas capacidades. Contudo, precisamos considerar um aspecto importante na qualidade de vida do paciente, que está relacionada ao bem-estar do cuidador. Veja neste vídeo como é possível conciliar a sua vida à atenção para com um familiar com Alzheimer. A seguir, veja em nosso site mais informações sobre a doença de Alzheimer: https://www.willianrezende.com.br/category/noticias/doenca-de-alzheimer/
Existe medo do diagnóstico do HIVvideo

Existe medo do diagnóstico do HIV

Muitas pessoas têm medo de realizar o teste do HIV como se o resultado positivo (ou reagente) fosse atestado de morte. Essas pessoas podem ter medo tanto do preconceito com relação às pessoas que tem o vírus quanto falta de conhecimento quanto a expectativa de vida com o vírus. A pior coisa que pode acontecer para alguém com o vírus HIV é não saber o diagnóstico. Saiba mais sobre HIV acessando o link: https://www.drakeillafreitas.com.br/dia-mundial-de-combate-a-aids/
O que é narcolepsia? Como tratar esse distúrbio do sono?video

O que é narcolepsia? Como tratar esse distúrbio do sono?

Este distúrbio do sono pode ser considerado por muitas pessoas como “preguiça”, ou até mesmo ser confundido com depressão, distúrbios convulsivos ou desmaios. Por este motivo, geralmente há uma demora de vários anos até ser corretamente diagnosticado. Esta condição crônica ainda não possui cura, e pode afetar seriamente a qualidade de vida da pessoa. Contudo, é perfeitamente tratável e seu principal sintoma pode ser controlado com medicamentos e algumas mudanças no estilo de vida. Neste vídeo, saiba mais sobre este problema e como é realizado o seu tratamento. Conheça também outros distúrbios do sono em nosso site: https://www.willianrezende.com.br/category/noticias/disturbios-do-sono/