Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?

Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto? Bom, a internet mostra que este são em suma moiraria não muito populares. Não por popularidade, mas sim por ódio mesmo.

Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?

O que fez esse artigo surgir foi o fato de que apenas 03 (três) dias, depois de um dos 03 (três) ter sido alvo de várias manifestações pelo País inteiro. Me refiro ao ministro “escolhido, e na calada da noite empoçado. Sem qualquer tipo de concurso” Gilmar Mendes, do STF – Supremo Tribunal Federal. Sim o mesmo que mora em Portugal e só vem para o Brasil para fazer votações ruins e vai embora. Ou que chamou brasileiros de gentinha.

Este ser Foi homenageado pela Câmara na quarta-feira, 20/11/2019, com a Medalha Mérito Legislativo, a mais importante honraria concedida pela Casa. O prêmio foi entregue pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Outros odiados também foram Homenageados

Além de Gilmar, também foram agraciados o general Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército e atualmente assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, o desenhista e empresário Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, e o youtuber Felipe Neto – que não compareceram à cerimônia e enviaram representantes.

Para o deputado Mário Heringer (PDT-MG), segundo secretário da Câmara, a premiação é uma maneira de aproximar o Legislativo do cidadão.

“Esse prêmio reconhece e faz aproximar a sociedade da Câmara dos Deputados. É um reconhecimento que se faz às pessoas que tem trabalhado pelo Brasil”, disse o parlamentar.

Gilmar Mendes foi o principal alvo de atos na rua contra o Supremo no Domingo 17/11/2019.

Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?
Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?

Em São Paulo, manifestantes se reuniram na Avenida Paulista para pedir o impeachment do ministro. O protesto foi marcado também por declarações em defesa do ex-juiz da Lava Jato e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, do presidente Jair Bolsonaro, e ofensas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à esquerda e a outros ministros do STF.

Também houve atos em Brasília, onde, segundo estimativa da Polícia Militar do Distrito Federal, de 800 a mil pessoas estiveram no fim da tarde do domingo em frente ao Congresso para pedir a cassação de Gilmar. No Rio de Janeiro, o grupo se reuniu em Copacabana (zona sul) e ocupou menos de um quarteirão da orla. A PM não estimou o público presente nos atos de São Paulo e do Rio.

Pedidos de impeachment

Como revelou o jornal O Estado de S. Paulo, o número de pedidos de impeachment de ministros do STF atingiu em 2019 um patamar recorde. Desde janeiro, foram 14 representações contra integrantes da Corte, cinco a mais do que no ano passado.

O presidente do STF, Dias Toffoli, é o mais visado. Metade dos pedidos protocolados neste ano é para que ele perca o cargo de ministro da Corte Suprema. Foco das manifestações de domingo, Gilmar Mendes vem logo atrás, com cinco, o mesmo número de Alexandre de Moraes.

Câmara contra o Povo

É um ato que demostra ao povo a visão do pessoal da Câmara. Pouco se importando com o apelo publico. Publico que vota e coloca essas pessoas para nos representar lá. Esse ao menos era para ser o objetivo.

Mais uma vitória do Governo Bolsonaro, Comemora: mais de 840 mil novos empregos formais em 2019, melhor saldo dos últimos 05 (cinco) anos. O presidente Jair Bolsonaro postou mensagem em seu perfil no Twitter comemorando a performance da economia, em especial o crescimento da oferta de emprego.
“Pelo sétimo mês seguido, o resultado na criação de empregos foi positivo, com 70.582 vagas criadas em outubro. No ano, foram gerados 841,5 mil empregos formais, melhor saldo dos últimos 5 anos”.
Na mensagem, Bolsonaro compartilha vídeo produzido pela Secretaria Especial de Comunicação Social. O material de divulgação, além da oferta de novos postos formais de trabalho, enumera o crescimento do PIB no segundo trimestre, de 0,4%, “a menor taxa de juros da história”, de 5%, controle da inflação – prévia de 0,14% , “menor resultado desde 1998”

Vamos aprender a votar melhor e lembrar dessas pessoas que fizeram a homenagem. Nunca mais dar nenhum voto a mais para quando sorrirem. Pedindo voto com a maior cara de pau do mundo!

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais