Cameras Online - SAI - Sistema Anchieta - Imigrantes

KM 32 - Pedágio Piratininga

SAI
KM 32 - Pedágio Piratininga

KM 32 - Pedágio Piratininga

SAI
KM 32 - Pedágio Piratininga

KM 40 - Interligação Planalto

SAI
KM 40 - Interligação Planalto

KM 48 - Trecho Serra Imigrantes

SAI
KM 48 - Trecho Serra Imigrantes

KM 28 - Balança Imigrantes Planalto

SAI
KM 28 - Balança Imigrantes Planalto

KM 12 - Entrada Imigrantes Planalto

SAI
KM 12 - Entrada Imigrantes Planalto

KM 20 - Imigrantes Planalto

SAI
KM 20 - Imigrantes Planalto

Rodovias dos Imigrantes e Anchieta

A História das Rodovias

A história das rodovias dos imigrantes e Anchieta Ambas as rodovias fazem parte de um complexo de estradas chamado de Sistema Anchieta-Imigrantes. Além da Rodovia dos Imigrantes, e da Rodovia Anchieta, faz parte do sistema as Rodovias Padre Manuel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni (conhecida também como Piaçaguera-Guarujá), Interligação Planalto e Interligação Baixada. Tanto a Rodovia dos Imigrantes como a Rodovia Anchieta são consideradas as principais vias de acesso ao litoral sul paulista, e à baixada Santista. Vamos contar um pouco da história de cada uma delas a Seguir, Confira:

Rodovia Anchieta Antigamente chamada de Via Anchieta (SP-150), faz a ligação da capital do Estado a Baixada Santista, passando pelo grande ABC paulista. A Rodovia Anchieta faz parte do sistema que é o maior corredor de exportação da América Latina.

A Rodovia Anchieta foi concluída em momentos distintos: em 1947 houve a inauguração da pista norte. Já a pista sul, teve sua inauguração em 1953. A demora se deu ao fato de algumas paralisações na época, onde o governo entendia ser uma obra desnecessária e com alto custo. O que se prova exatamente o contrário nos dias de hoje. A Rodovia Anchieta é considerada, até os dias atuais, como uma obra-prima da engenharia na época. É tido como um projeto muito audacioso, construir uma rodovia atravessando a Serra do mar por meio de 5 túneis e 58 viadutos, alguns deles bem imponentes. No km 43 da pista descendente há uma curva chamada de ‘Curva da Onça’, considerado o trecho mais perigoso da rodovia e que possui alto índice de acidentes. Estima-se que o número de trabalhadores diretos utilizados para conclusão da pista norte tenha chegado a dois mil.

Curiosidade

O primeiro caminho que ligava São Paulo a Santos foi construído pelo Padre José Anchieta, e exigia grande habilidade para seguir, isso ainda no século XVI.
Cronologia

Datas marcantes 1969 – A DERSA começa a explorar o uso da rodovia 1972 – Instalação dos primeiros pedágios na rodovia 1977 – O maior acidente e engavetamento da rodovia. Foram 140 veículos envolvidos, ocasionando 15 mortes e aproximadamente 300 pessoas feridas 1998 – Privatização da rodovia por 20 anos Rodovia dos Imigrantes São 44 viadutos, 14 túneis e 7 pontes que apresentam um tráfego intenso nos finais de semana, feriados e alta temporada (verão).

Outra obra-prima da engenharia, o projeto da Rodovia dos Imigrantes (SP-160) foi considerado revolucionário. Por anos a rodovia teve seu sentido de direção invertido de acordo com o fluxo de veículos.

Essa primeira fase foi entregue e inaugurada em 1976. Quando o sistema Anchieta-Imigrantes foi privatizado em 1998, uma das exigências era pela construção da outra alça de acesso, a descendente, que foi inaugurada em 2002. Essa pista descendente possui túneis e viadutos mais longos do que o previsto no projeto original. Inclusive, dois túneis que são os maiores das rodovias brasileiras, um com 3.146 m e o outro com 3.009 m.

A explicação pelo aumento da extensão de túneis e viadutos foi para evitar um maior desmatamento. A Rodovia dos Imigrantes apesar de ser rodovias modernas, sinalizadas e monitoradas pela policia e a operadora teve a ocorrência de dois acidentes marcantes, um em 2011, envolvendo 103 carros; e outro em 2013, um deslizamento provocado por fortes chuvas perto do km 52. Em ambas as ocasiões, houve ocorrência de uma morte e relato de feridos.

A Rodovia dos imigrantes é uma rodovia com grande fluxo constante de veículos e os números mostram o quanto ela é segura pra se trafegar! Para construção da Rodovia dos Imigrantes estima-se que passaram na obra cerca de 15 mil pessoas. Para chegar em Peruíbe/SP Sistema Anchieta-Imigrantes são os mais utilizados!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais