Instituto Luisa Mell

Avalie esta notícia

O Instituto Luisa Mell (ILM) é uma ONG brasileira sem fins lucrativos de proteção animal e meio ambiente, que atua principalmente no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção.

Instituto Luisa Mell realiza Feira de Adoção no Golden Square Shopping

Como Funciona o Instituo Luisa Mell

Todo o trabalho no Instituto Luisa Mell(ILM) é voluntário. De acordo com seu Estatuto, nenhum associado do Instituto pode receber salário ou qualquer tipo de remuneração pelo trabalho realizado, exceto médicos(as) veterinários(as).

O dinheiro é conquistado por doação, destinado aos animais e auditado por um contador independente. Além disso, todas as despesas e contas são públicas e podem ser consultadas.

Instituo Luisa Mell tem como Objetivo

  1. Defender os animais
  2. Zelar pelo Meio ambiente
  3. Acolher cães, gatos ou qualquer animal em situação de risco nas grandes cidades, tratá-los e promover sua adoção ou reintegrá-los ao meio ambiente.
  4. Educar crianças e adultos sobre a importância de cuidar do meio-ambiente e respeitar a natureza e os animais
  5. Fiscalizar os órgãos públicos no cumprimento da Lei
  6. Denunciar crimes de maus-tratos ou qualquer outro previsto na Lei 9.605/98, Artigo 32

Trabalhos Conhecidos

Em agosto de 2017, a revista Época e o Instituto Doar citaram o ILM em: As 100 melhores ONGs do Brasil – Edição 2017.

Em 29 de setembro de 2017, resgatou 135 cães vítimas de maus-tratos em um canil em Osasco, na Grande São Paulo.

Em 7 de janeiro de 2018, resgatou 15 cães de raça em canil clandestino de São Paulo.

Em 28 de março de 2018, resgatou diversos animais em canil clandestino de São Paulo, entre eles araras, papagaios e mais de 100 cães de diferentes raças.

Em 17 de maio de 2018, foi homenageado com  Colar de Honra ao Mérito Legislativo, no plenário Juscelino Kubitschek.

Em fevereiro de 2019, realizou o maior resgate de cães da história do Brasil e possivelmente do mundo até o momento. No Canil Céu Azul em Piedade, São Paulo, foram confiscados pela Polícia Militar Ambiental 1707 cães com pedigree em péssimas condições de abrigo e saúde, eles estavam sendo usados para reprodução de filhotes comercializados para redes de petshop, como a gigante Petz.

Após serem entregues aos voluntários do Instituto Luisa Mell ILM, Luisa Mell informou que terá grandes gastos com rações, medicamentos, veterinários e outros serviços, que foram alugados 3 espaços para abrigar os animais e que todos que sobreviverem serão doados.

O caso gerou comoção nacional e virou notícia em vários meios de comunicação e programas de TV, incluindo reportagens no Fofocalizando e Brasil Urgente. Com tudo isso, a Petz anunciou que não venderá mais cães e nem gatos em suas 82 lojas, que o dinheiro da venda dos animais que ainda estão disponíveis serão doados a ONGs participantes do projeto Adote Petz e que o espaço para comercialização será destinado a ONGs e protetores independentes para feiras permanentes ou temporárias. Inconformados com a perda de renda ilegal, criadores se reuniram no centro de triagem onde os animais estavam e tentaram invadir colocando fogo no portão da entrada e fazendo ameaças de morte aos voluntários, que solicitaram a presença de várias viaturas da polícia para proteção.

Como fazer parte do Instituto Luisa Mell

Oi gente, hoje o assunto é muito sério. Hoje vamos falar de solidariedade.
Quem conhece a nossa família, sabe que somos todos apaixonadas por animais e por isso nos sensibilizamos tanto pelo projeto social da Luisa Mell e ajudamos mensalmente.

Um pouco sobre o Instituto:

Fundado em fevereiro de 2015, o Instituto Luisa Mell atua principalmente no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. Hoje, a instituição mantém um abrigo com certa de 300 animais, entre cães e gatos, para recuperação e futura adoção dos bichinhos.