Fundação do ABC 3,3 mil altas de Pacientes Covid-19 Mogi das Cruzes

Hospital Municipal de Mogi é referência para atendimento de casos da doença na região do Alto Tietê desde o início da pandemia: O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes (HMMC), gerenciado pela Fundação do ABC desde 2019, atingiu uma marca impressionante nesta semana: 3.375 altas concedidas a pacientes internados com confirmação ou suspeita de contaminação pela Covid-19. Em razão do feito, um grupo de funcionários da unidade se reuniu no estacionamento para comemorar a marca dia 17 de agosto. Ao todo, cerca de 100 funcionários diretos e indiretos participaram do ato, filmado com drone pela Prefeitura.

Fundação do ABC 3,3 mil altas de Pacientes Covid-19 Mogi das Cruzes

O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes (HMMC), gerenciado pela Fundação do ABC desde 2019, atingiu uma marca impressionante nesta semana: 3.375 altas concedidas a pacientes internados com confirmação ou suspeita de contaminação pela Covid-19. Em razão do feito, um grupo de funcionários da unidade se reuniu no estacionamento para comemorar a marca dia 17 de agosto. Ao todo, cerca de 100 funcionários diretos e indiretos participaram do ato, filmado com drone pela Prefeitura.

Desde o início da pandemia, quando a unidade se tornou referência para atendimento Covid-19 na região do Alto Tietê, 55.262 pacientes já passaram pelo serviço. Atualmente a taxa de ocupação dos leitos da unidade é de cerca de 30%. São 176 leitos, sendo 100 de enfermaria e 76 de terapia intensiva.

Diretora-geral da unidade

A diretora-geral da unidade, Heloísa Molinari Nascimento, ressalta a importância do trabalho em equipe para enfrentar as adversidades, especialmente em um momento pandêmico. “Propusemos esta homenagem às altas pois trata-se de um marco.

Os desafios foram e são diários. As equipes superaram inúmeras dificuldades para manter foco central no cuidado ao paciente, no acolhimento às famílias e na humanização do serviço. Este expressivo número de altas retrata uma vitória coletiva e merecia o registro. Destaco meu agradecimento a todos os colaboradores que participam e participaram deste processo de forma extenuante e com tanto profissionalismo.

“Propusemos esta homenagem às altas pois trata-se de um marco. Os desafios foram e são diários. As equipes superaram inúmeras dificuldades para manter foco central no cuidado ao paciente, no acolhimento às famílias e na humanização do serviço. Este expressivo número de altas retrata uma vitória coletiva e merecia o registro. Destaco meu agradecimento a todos os colaboradores que participam e participaram deste processo de forma extenuante e com tanto profissionalismo. As quedas nos índices de internação simbolizam uma trégua, mas é preciso manter constante vigilância para evitar novo agravamento da pandemia”

disse a diretora

As quedas nos índices de internação simbolizam uma trégua, mas é preciso manter constante vigilância para evitar novo agravamento da pandemia”, disse a diretora.

HMMC

O HMMC tem sido uma das unidades de referência para o Alto Tietê no combate à doença desde o início da pandemia. Atualmente, é o serviço com o maior número de leitos Covid-19. A unidade continuará como referência exclusiva para casos da doença e não diminuirá leitos para garantir o suporte necessário aos pacientes que precisarem de atendimento ou internação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies