Como Criar links de Vídeos do YouTube Iniciando no Tempo Exato

Como Criar links de Vídeos do YouTube Iniciando no Tempo Exato: Criar links de vídeos do YouTube com tempo exato das imagens permite que você mande para outros usuários apenas trechos de um determinado filme, e não a sequência inteira. O procedimento é prático e permite que o vídeo seja executado a partir do ponto de interesse. Confira como editar e selecionar parte das imagens neste tutorial do ABCTudo.

Como Criar links de Vídeos do YouTube Iniciando no Tempo Exato

Guia do YouTube: Aprenda tudo sobre o site de compartilhamento de vídeos

Passo 1. A primeira coisa que você deve fazer é assistir o vídeo no YouTube e localizar o ponto de interesse, isto é, o instante no qual o vídeo deverá começar. Como exemplo, vamos supor que este ponto ocorre a partir de 1 minuto e 6 segundos do seguinte vídeo:

Passo 2. Localizado o ponto de partida, agora vá à barra de endereços de seu navegador e acrescente a seguinte extensão “#t=XXmYYs” (sem aspas) no final do link, onde XX é o tempo em minutos e YY é o tempo em segundos. Em nosso exemplo, considerando 1 minuto e 6 segundos, o link ficará da seguinte forma:

http://www.youtube.com/watch?v=5VrP1F0U4gA#t=01m06s

Passo 3. Agora, basta copiar este endereço e enviar a um amigo, ou se você quiser fazer um teste, abri-lo em seu navegador. Perceba que o vídeo será executado a partir do ponto que você determinou, e não do início.

Dica extra: Saiba que este truque também funciona com os links encurtados do YouTube. Não sabe como gerá-los? É simples: Basta clicar no botão Compartilhar, abaixo do vídeo, e marcar a caixa “URL curto”.

 

Como Criar links de Vídeos do YouTube Iniciando no Tempo Exato
Como Criar links de Vídeos do YouTube Iniciando no Tempo Exato

Note que, com isso, o endereço exibido ali será encurtado, ficando da seguinte forma, por exemplo: http://youtu.be/5VrP1F0U4gA. Agora, basta acrescentar a extensão #t=XXmYYs ao final da URL.

Conheça a História do “Professor” da Geração Z

YouTube é uma plataforma de compartilhamento de vídeos com sede em San Bruno, Califórnia. O serviço foi criado por três ex-funcionários do PayPal – Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim – em fevereiro de 2005. A Google comprou o site em novembro de 2006 por US$ 1,65 bilhão; desde então o YouTube funciona como uma das subsidiárias da Google.

O YouTube utiliza o codec de vídeo VP9 primariamente para disponibilizar o conteúdo, mas é utilizado também H.264. Os codecs de áudio AAC, Opus e Vorbis são utilizados. Hospeda uma grande variedade de filmes, videoclipes e materiais caseiros. O material encontrado no YouTube pode ser disponibilizado em blogs e sites pessoais através de mecanismos (APIs) desenvolvidos pelo site.

Possivelmente interessado em expandir o mercado de publicidade de vídeos através de seu AdSense e também em se consolidar como um dos maiores serviços de Internet do mundo, foi anunciada em 9 de Outubro de 2006 a compra do YouTube pelo Google, pela quantia de 1,65 bilhão de dólares em ações.

O resultado desta aquisição fez com que o Google encerrasse as atividades do Google Vídeo.

A revista norte-americana Time (edição de 13 de novembro de 2006) elegeu o YouTube a melhor invenção do ano por, entre outros motivos, “criar uma nova forma para milhões de pessoas se entreterem, se educarem e se chocarem de uma maneira como nunca foi vista”. Em 2010, no aniversário de cinco anos do YouTube, foi divulgado que até então o site não havia sido lucrativo para os seus proprietários.

Origem do nome

YouTube vem do inglês you: você e tube – tubo, ou, no caso, gíria utilizada para designar a televisão. No caso, You television ficaria algo como “Você televisiona”, “Você transmite”, “Você na telinha”, “Você na tela”, etc., lembrando que, assim como o português, a língua inglesa permite a criação de verbos com base em substantivos.

O YouTube foi fundado por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim, que eram funcionários da PayPal. Antes de trabalhar no PayPal, Hurley estudou design na Indiana University of Pennsylvania, e Chen e Karim estudaram ciência da computação juntos na University of Illinois at Urbana-Champaign.

O domínio “YouTube.com” foi ativado em 15 de fevereiro de 2005 e o site foi desenvolvido nos meses seguintes. Os criadores do site ofereceram uma prévia do site ao público em Maio de 2005, seis meses antes do lançamento oficial. O primeiro vídeo do YouTube, intitulado Me at the zoo, mostra o co-fundador Jawed Karim no Zoológico de San Diego. O vídeo foi publicado em 23 de abril de 2005 e ainda pode ser visualizado no site.

Em 9 de outubro de 2006, foi anunciado que a companhia seria comprada pelo Google por 1,65 bilhão de dólares em ações. O negócio entre Google e YouTube veio depois que o YouTube apresentou três acordos com empresas de comunicação em uma tentativa de evitar processos sobre infração de direitos autorais. O YouTube continuou operando independentemente, com seus co-fundadores e 67 empregados trabalhando dentro da empresa. A aquisição do YouTube foi fechada em 14 de Novembro, e foi na época a segunda maior aquisição do Google.

Problema com o nome de domínio

O sucesso do YouTube afetou os negócios do “Universal Tube & Rollform Equipment”, cuja URL original do site, YouTube.com, foi tão visitada em uma hora que se sobrecarregou e saiu do ar por causa do grande número de visitantes que não tinham certeza do modo correto que se escrevia o url do YouTube.

No início de Novembro de 2006, a Universal Tube entrou com uma ação legal na corte dos Estados Unidos contra o YouTube, pedindo que o domínio YouTube.com fosse transferido para eles, sem obter exito. A partir de Junho de 2008 a url utube.com contém um simples aviso, enquanto a “Universal Tube & Rollform Equipment” se mudou para utubeonline.com. De acordo com a ferramenta de busca de domínios WHOIS, Universal Tube ainda é dona do domínio “utube.com”.

Dia da mentira

Para a brincadeira do dia da mentira de 2008, todos os “Vídeos destacados” da página principal redirecionavam para o vídeo do Rick Astley “Never Gonna Give You Up,” efetivamente rickrolling todos os que tentavam ver um vídeo destacado no site.

O mesmo tipo de brincadeira de dia da mentira ocorreu com o serviço em 2016, o qual anunciou o SnoopaVision, o qual permite que usuários pudessem ver o ponto de vista do rapper Snoop Dogg, filmado em 360 graus, em alguns vídeos.

Jogo da serpente nos vídeos

Em 2010, o YouTube criou uma alternativa divertida para quem espera o vídeo carregar. Enquanto o vídeo que você quer assistir está carregando, você pode pausar o vídeo e apertar a seta para cima ou para baixo do teclado, e você já estará jogando o “Jogo da Serpente”.

Recursos
Tecnologia do vídeo
O YouTube usa principalmente os formatos de vídeo VP9 e H.264 / MPEG-4 AVC e o protocolo Dynamic Adaptive Streaming over HTTP. O YouTube começou a lançar vídeos no formato AV1.[23]

Reprodução de vídeos
Anteriormente, a exibição de vídeos do YouTube em um computador pessoal exigia a instalação do plug-in Adobe Flash Player no navegador.[24] Em janeiro de 2010, o YouTube lançou uma versão experimental do site que usava os recursos internos de multimídia de navegadores da Web que suportam o padrão HTML5. Isso permitia a exibição de vídeos sem a necessidade de instalar o Adobe Flash Player ou qualquer outro plug-in.

O site do YouTube tinha uma página que permitia que os navegadores suportados optassem pelo teste HTML5. Somente navegadores compatíveis com vídeo HTML5 usando MP4 (com vídeo H.264) ou WebM (com formato de vídeo VP8) poderiam reproduzir os vídeos, e nem todos os vídeos no site estavam disponíveis.

YouTube Premium

O YouTube Premium (anteriormente YouTube Red) é o serviço de assinatura Premium do YouTube. Oferece transmissão sem publicidade, acesso a conteúdo exclusivo, reprodução em segundo plano e de vídeo offline em dispositivos móveis e acesso ao serviço “Acesso ilimitado” do Google Play Music.

O YouTube Premium foi anunciado originalmente em 12 de novembro de 2014, como “Music Key”, um serviço de Streaming de músicas por assinatura, com o objetivo de integrar e substituir o serviço “Acesso ilimitado” existente no Google Play Music.

Em 28 de outubro de 2015, o serviço foi relançado como YouTube Red, oferecendo Streaming sem anúncios de todos os vídeos, bem como acesso a conteúdo original exclusivo. Em novembro de 2016, o serviço conta com 1,5 milhão de assinantes, com mais um milhão em teste gratuito.

Em junho de 2017, a primeira temporada de originais do YouTube obteve 250 milhões de visualizações no total

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies