Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo

Bactéria Helicobacter pylori

Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo: O Refluxo Gastroesofágico é uma Patologia em que ocorre o trânsito do conteúdo gástrico para o esôfago, podendo ser decorrente da falha anatômica, funcional ou pelos tipos de alimentos ingeridos.

Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo

Quando este Conteúdo Gástrico também atinge as áreas Laríngea e Faríngea, temos a ocorrência do Refluxo Laringofaríngeo.

O Presente artigo Aborda em Detalhes esta Condição, que é uma das mais frequentes queixas nos Consultórios de Otorrinolaringologia e nos Atendimentos Fonoaudiológicos.

O que é o Refluxo Laringofaríngeo?

Todos nós podemos apresentar alguns episódios de Refluxo durante o dia, principalmente após as Refeições. No entanto, quando este retorno do conteúdo gástrico se torna excessivo, causando desconforto ou lesões, ocorre a manifestação da doença do refluxo gastroesofágico e, consequentemente, o refluxo laringofaríngeo.

Quando este conteúdo ácido ultrapassa o esôfago e chega na garganta, pode causar lesões em diversas estruturas, como as cordas vocais e a faringe.

A Saúde Vocal é extremamente prejudicada pelo problema, que também causa mais consequências, como halitose, rinites e sinusites crônicas, além de complicações bucais, como cáries, gengivite e aftas.

Quais as Causas do Refluxo Laringofaríngeo?

Determinados hábitos alimentares, como Refeições Volumosas, mastigação insuficiente e deitar-se imediatamente após as refeições noturnas são fatores que predispõem tanto ao refluxo gastroesofágico, quanto ao refluxo laringofaríngeo.

  • Refeições Volumosas,
  • Mastigação Insuficiente e
  • Deitar-se Imediatamente
    • Após as Refeições Noturnas

Certos tipos de Alimentos, como os enlatados e aqueles Ricos em Gorduras, Carboidratos, Corantes, Conservantes e Cafeína também propiciam e estimulam ambas as condições.

REFLUXO LARINGOFARÍNGEO
O refluxo laringofaríngel (RLF) é o retorno do conteúdo do estômago para o esôfago, que sobe e atinge a garganta (faringe e laringe). Os sintomas principais são rouquidão, dor na garganta, tosse seca, sensação de bolo parado na garganta (glóbus faríngeo), pigarro e halitose ou mau hálito.
  • Enlatados e
    • Aqueles Ricos em
      • Gorduras,
  • Carboidratos,
  • Corantes,
  • Conservantes e
  • Cafeína

Episódios Recorrentes de Refluxo

Pacientes com Episódios Recorrentes de Refluxo também podem apresentar uma redução da frequência peristáltica do esôfago e da força das suas contrações.

A presença de Helicobacter Pylori pode ser relevante para o desenvolvimento do problema, já que exames positivos para este micro-organismo estão relacionados a uma maior agressividade dos episódios de refluxo.

O que causa a Bactéria Helicobacter pylori?

Como a bactéria H. pylori pode Aumentar o Risco de Câncer de Estômago. … A infecção ocorre principalmente pela água e alimentos contaminados, pela falta de higiene e pelo contato com vômito ou fezes de pessoas que têm a bactéria. Dentro do organismo, ela se instala no estômago e pode causar gastrite e úlceras.

Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo
Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo

O que é H Pylori tem Cura?

Pylori tem cura. O tratamento normalmente inclui três medicamentos: um inibidor da produção de ácido gástrico e dois antibióticos, que devem ser administrados entre 10 a 14 dias. A associação desses medicamentos pode eliminar completamente o H. Pylori em até 95% dos casos.

O que é infecção por Helicobacter Pylori?

(Infecção por H. pylori)
A infecção por Helicobacter pylori (H. pylori) é uma infecção bacteriana que causa inflamação do estômago (gastrite), úlcera péptica e determinados tipos de câncer de estômago.

Quais os Sintomas do Refluxo Laringofaríngeo?

Devido à ausência dos sintomas clássicos do refluxo gastroesofágico (azia e queimação no esôfago), demorou-se algum tempo para identificar que manifestações como tosse seca, pigarro e rouquidão fossem causados pelo fato de o ácido estomacal ter subido até a garganta.

Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo
Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo

Atualmente, quando o paciente apresenta vermelhidão na garganta, inchaço e uma sensação de pigarro ou algo parado nesta região, principalmente pela manhã, ou após as refeições, acompanhada de tosse seca, já temos evidência da necessidade de iniciar o diagnóstico do refluxo laringofaríngeo.

Como saber se tem Helicobacter Pylori?

Como confirmar o diagnóstico
Em casos de sintomas simples, como náuseas e indigestão, o médico pode pedir exames de sangue, de fezes ou o teste Respiratório com Ureia Marcada, que podem detectar a presença da H. pylori sem causar dor nem precisar de preparação especial do paciente.

A Doença do Refluxo Laringofaríngeo pode ter como alvo outras estruturas na Cabeça e Pescoço, além da faringe e laringe, atingindo os seios nasais e o ouvido, por exemplo, causando infecções, principalmente naqueles pacientes com o sistema imunológico mais fragilizado, como crianças e idosos.

Alguns achados sugerem que Episódios de Refluxo são comuns entre os pacientes com Câncer de Laringe, embora a influência do refluxo na origem desta neoplasia ainda não esteja totalmente esclarecida.

Como é o Tratamento do Refluxo Laringofaríngeo?

O tratamento do refluxo laringofaríngeo inclui medidas conservadoras. Entre elas, a orientação dietética promove grandes benefícios. A utilização de medicamentos e medidas mais invasivas, como cirurgia, são indicadas quando necessário.

Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo
Conheça a Doença do Refluxo Laringofaríngeo

A modificação nos hábitos de vida é o fator que possui papel mais relevante no tratamento. Quando a combinação do tratamento farmacológico com as orientações dietéticas e posturais é realizada adequadamente, a terapêutica é muito mais efetiva do que o uso isolado de medicamentos.

Aspectos relacionados a uma alimentação mais fracionada, com menores quantidades de alimento em intervalos menores entre as refeições são essenciais para o sucesso da abordagem.

De maneira geral, evitar alimentos pesados e condimentados, por exemplo ácidos, frituras, gorduras, refrigerantes e molho de tomate, fazer uma dieta balanceada e perder peso também são medidas recomendadas.

Como matar a bactéria H Pylori?

O esquema de remédios mais comumente feitos para curar a H. pylori são a associação de um protetor de estômago, que pode ser Omeprazol 20mg, Ianzoprazol 30mg, Pantoprazol 40mg ou Rabeprazol 20mg, com antibióticos, geralmente, Claritromicina 500 mg, Amoxicilina 1000 mg ou Metronidazol 500mg, que podem ser usados

  • Omeprazol 20mg,
  • Ianzoprazol 30mg,
  • Pantoprazol 40mg ou
  • Rabeprazol 20mg,

com antibióticos, geralmente,

  • Claritromicina 500 mg,
  • Amoxicilina 1000 mg ou
  • Metronidazol 500mg, que podem ser usados

O Tratamento Cirúrgico é indicado apenas para aqueles pacientes que apresentam regurgitação ou quando a medicação por longos períodos torna-se inconveniente.

O uso de pastilhas, balas e gengibre, que promovem uma falsa sensação de alívio pode ajudar, mas apenas mascaram o problema. É importante buscar o atendimento do médico otorrinolaringologista, para um tratamento adequado, que promova o alívio consistente e previna as complicações.

A propósito, médico: O que causa refluxo ácido na garganta?

P. Desenvolvi uma voz rouca e catarro irritante na garganta e fiquei surpreso ao saber que a causa era o refluxo ácido. Eu nunca tive azia, então não sei como isso poderia ter acontecido. Você pode explicar o que causa o refluxo ácido?

R. Parece que você tem uma condição chamada refluxo laringofaríngeo (RLF). Isso ocorre quando o conteúdo do estômago, incluindo ácido e enzimas, volta ao esôfago e danifica os tecidos da laringe (caixa vocal) e faringe (garganta). A causa é o mau funcionamento dos músculos do esfíncter esofágico superior e inferior. Esses músculos devem manter os alimentos em movimento na direção certa, da boca ao estômago. O esfíncter inferior do esôfago impede que o ácido do estômago suba pelo esôfago. Quando funciona mal, o ácido estomacal irrita o tecido esofágico imediatamente acima do estômago, causando sintomas como azia e dor no peito ao engolir. Essa condição é chamada de refluxo gastroesofágico (DRGE).

Links mais Pela Internet

Fontes de Informações Confiáveis

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais