Quando procurar um Infectologista para tratar Infecção Urinaria?

Quando chamar um Infectologista para avaliar uma bactéria na urina.

Muitos médicos tratam uma infecção urinaria. O mais difícil, porém, é saber quando não devemos tratar.

A presença de uma bactéria na urina costuma gerar uma grande ansiedade em médicos e pacientes por um tratamento, com medo de que vire uma ” infecção generalizada” por exemplo.

A grande questão é que nem toda a bactéria na urina significa infecção.

Se não há sinais laboratoriais ou sintomas de infecção, a bactéria na urina significa apenas uma bacteriuria assintomática.

Bactérias que não geram infecção não devem ser tratadas.

Essas bactérias, na verdade, funcionam como uma proteção para a pessoa, pois são cepas menos patogênicas.

O que acontece quando tratamos uma bacteriúria assintomática:

Matamos uma cepa com menos poder de causar infecção
Deixando o “espaço livre” para que cepas de bactérias com maior capacidade de causar infecção possam se proliferar.
Expomos as bactérias aos antibióticos, induzindo a formação de mecanismos de resistência
Matamos as que não os têm este mecanismo de resistência
Apenas as bactérias mais patogênicas e que são resistentes aos antibióticos usados se proliferam
Quando o paciente finalmente apresenta uma infecção de verdade, é por uma superbactéria.
Saiba mais sobre bacteriuria assintomática no matéria: completa sobre ” Quando não tratar a bactéria na urina ” no site: http://www.drakeillafreitas.com.br/quando-a-bacteria-na-urina-nao-e-infeccao/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies