Outras Atitudes que Devemos Evitar

Assoprar o Bolo de Aniversário

Fato, de que se pode até ser uma tradição! Mas, segundo os especialistas. A saliva chega sim a contaminar o alimento, transmitindo bactérias responsáveis por intoxicações alimentares geradoras de quadros de Náuseas e também de vômito.

Retirar a Formiga do Açucareiro e Utilizar o Açúcar

“Tem até quem coma a formiga, dizendo que faz bem para a vista! Mas a verdade é que elas são um meio de transporte das bactérias:

  • do lixo, ou
  • do chão,
  • até os alimentos.

Podem provocar todos os tipos de intoxicação alimentar”, explica a especialista.

Apertar a Descarga com a Tampa do Vaso Aberta

Lei da Física fazendo seu trabalho. Maior pressão e menor pressão?
As bactérias que sobem com a pressão da água podem ficar rodando no banheiro por até, acredite se quiser longas 02 (duas) horas. Podem não voar, mais pairam bem no ar. Contaminando toalhas e até a sua amada e não tão protegida Escova de Dentes, se ela estiver próxima, sobre a pia.

Não Limpar os Filtros de Água

Não adianta usar um aparelho para eliminar os resíduos da água se ele próprio não estiver esterilizado. O líquido é facilmente contaminado, e pode provocar intoxicações. Filtros de barro precisam ser lavados semanalmente, com água e sabão. Já os de material sintético devem ser limpos de acordo com o prazo indicado pelo fabricante.

Usar Utensílios de Madeira

Com o tempo, vão aparecendo fissuras nas Colheres e também nas Tábuas. Um esconderijo? sim, pois é ali que as bactérias se instalam.

“É impossível fazer a higienização correta desse material. Os micro-organismos grudam na madeira, e não são eliminados nem sob o sol, nem com água sanitária”, diz a Especialista.

“A tábua, por exemplo, fica com resíduos de alimentos. E normalmente está úmida, é mais difícil de secar. Ou seja, o meio dá as condições ideais para que as bactérias proliferem”, afirma Olzon.

O que Precisa Mudar

Use talheres de alumínio, e tábuas de vidro para cortar os alimentos.

“As tábuas de plástico não seguram a umidade, mas também apresentam fissuras com o tempo de uso. As de vidro são as melhores, pois não permitem a penetração de micro-organismos. Além disso, são as mais fáceis de limpar”, explica Inneke Heijden.

Alimentos que precisam ir para Geladeira

Hábitos Domésticos que Podem Deixar Você Doente: Um detalhe bem Importante: orgulhamo-nos das dimensões continentais do nosso querido Brasil e sabemos dos diferentes climas nas diferentes regiões da nossa nação. Deve-se, é lógico, levar isso em conta e usar do bom senso quanto a levar ou não em consideração se determinado alimento deve ser mantido fora ou dentro de um ambiente refrigerado, observando se o clima da sua região é favorável ou não para sua escolha.

  1. Pão
    Guardar pão na geladeira pode preservá-lo do mofo, mantendo-o duro e sendo eficaz caso você queria conservá-lo por alguns dias. O pão fica seco e perde o sabor e, se quiser guardar baguetes, é melhor cortá-la em pedacinhos para facilitar na hora de descongelar. Tudo isso pra comer um pãozinho? Parece ser tão prático…
  2. Café
    Aparentemente, começaram a guardar café na geladeira também. A condensação afeta o sabor dos grãos e do pó, sendo mais recomendado guardá-los num potinho de cerâmica em algum lugar escuro. Isso também serve para chocolate em pó (mas não faz diferença em achocolatados, lembre-se disso)
  3. Azeite
    Pois é, existem pessoas que guardam azeite(ou óleo de cozinha) na geladeira. Porém, é melhor não fazer isso , já que baixa temperatura pode alterar os componentes encontrados no azeite, mudando o gosto, a consistência e o aspecto que ficará mais espesso. O azeite também absorver o cheiro de outros alimentos ao seu redor. O ideal é guardá-lo, sempre fechado, junto aos vinhos, em um local fresco e escuro. Caso você tenha colocado na geladeira e todas as coisas acima aconteceram, é só levá-lo ao microondas por um tempo rápido e ele volta a consistência normal.
  4. Manteiga
    Por ser um alimento baseado no leite, há muito receio de deixar a manteiga fora da geladeira e ela estragar. De fato, no ambiente refrigerado, as bactérias se multiplicam mais lentamente. Mas não vai evitar que estrague uma hora ou outra. Guardar ou não na geladeira depende então da frequência com que você usa esse alimento.
  5. Mel
    Exceto se quiser mel crocante, não precisa deixá-lo na geladeira. Mel dura para sempre na sua despensa mesmo. Não é a toa que usavam para embalsamar cadáveres e tal.
  6. Bolos
    Alguns tipos de bolo precisam ficar na geladeira, embora, com o tempo, eles fiquem cada vez mais secos. Aqueles com uma cobertura bem simples podem ficar fora, num recipiente hermético, por até uns três dias. Se não for comer tudo de uma vez, então use o refrigerador como aliado (mas como assim você não vai comer isso agora?!).
  7. Abacates
    Depende de onde o abacate se encontra no seu ciclo de amadurecimento. O processo cessa no frio e abacates mais verdes precisam de um lugar em temperatura ambiente para atingir sua textura celestial.
  8. Bananas
    Se quiser inibir o amadurecimento, coloque-as na geladeira. Bananas verdes desenvolverão uma cor amarronzada durante a refrigeração (mas nada preocupante, apenas estética) – nesse ponto já pode tirá-las para continuar seu ciclo.
  9. Melões
    Melões devem permanecer fora para adoçar. Somente depois de cortados que devem ir para a geladeira.
  10. Tomates
    Mostre isso para sua mãe: nunca deixe tomates na geladeira! O frio afeta a estrutura celular desse fruto, tornando sua textura desagradável. Também quebra os ácidos, açúcares e compostos que compõem o sabor. Devem ser armazenados em temperatura ambiente e longe de luz solar direta.
  11. Batatas
    Quando dizem para deixar em “lugar fresco e longe de luz”, geralmente pensam na geladeira para isso. No caso das batatas, a refrigeração é fria demais, causando alteração no sabor e cor da batata
  12. Cebolas
    A mesma regra do “lugar fresco e longe de luz” se aplica às cebolas. Elas não gostam de geladeiras: preferem um lugar com circulação de ar. Mas lembre-se de deixá-las longe das batatas.
  13. Alho
    Como as cebolas, alhos gostam de lugares com boa circulação de ar e mantê-los na geladeira afeta o sabor de qualquer coisa ao seu redor. Deixe-os em saquinhos de rede, onde duram de três a cinco meses.
  14. Molho de pimentas
    Podem viver alegremente no armário por até três anos. Aliás, o frio afeta o “calor” e a viscosidade do molho.
  15. Condimentos
    Embalagens de mostarda e ketchup já alertam que precisam ser armazenadas no refrigerador, mas as substâncias têm seus próprios ácidos em quantidade suficiente para se manterem na despensa por um bom tempo. Na verdade, isso depende de você: fora da geladeira, o sabor e a textura dos condimentos se mantêm por até um mês.
  16. E os Ovos?Existe uma polêmica antiga sobre se os ovos devem ser guardados dentro ou fora da geladeira. Algumas pessoas acreditam que se os ovos não forem colocados a uma temperatura refrigerada podem desenvolver bactérias e causar infecções ao organismo. Outras acreditam exatamente no contrário. Mas qual é o certo?

    Para responder esta pergunta, o British Egg Information Service (instituto de pesquisa especializado no assunto), patrocinado pelo jornal britânico Daily Mail, realizou uma pesquisa científica em busca da resposta.

    De acordo com os resultados da pesquisa, o único local seguro para guardar comida e evitar variações de temperatura é a Geladeira. Segundo eles, se um ovo estiver contaminado com a bactéria da salmonela, por exemplo, mantê-lo em temperatura ambiente permitirá que a bactéria se multiplique.

Depois disso, espero que tenha sobrado mais espaço no seu refrigerador!

Fontes de Informação

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here