Outubro Rosa com a Exposição “Força e Renascimento”: Mostra Realizada em parceria com a ONG Instituto Viver Hoje tem por objetivo conscientizar sobre a importância da Detecção Precoce do Câncer de Mama; visitação aberta até 31 de outubro, no Piso Térreo

Outubro Rosa com a Exposição “Força e Renascimento”

Para a maioria das pacientes, à primeira vista o Diagnóstico de Câncer de Mama pode soar como uma sentença de morte. Mas no processo de Tratamento e Superação da Doença, muitos aprendizados podem promover o aumento da autoestima e a paciente se torna mais resiliente e consciente de seus medos e desejos.

Outubro Rosa com a Exposição "Força e Renascimento"

A exposição “Força e Renascimento”, no Atrium Shopping, em Santo André, traz um ensaio fotográfico realizado com quinze pacientes do Hospital Santa Marcelina, que passaram por desafios no processo do tratamento. A mostra também inclui painéis que trazem dicas valiosas sobre a prevenção do Câncer de Mama e faz parte do projeto Mulheres no Espelho, uma iniciativa do Instituto Viver Hoje.

Sobre o Instituto Viver Hoje

Lançado em julho de 2016, o principal objetivo do Instituto Viver Hoje é conscientizar para que as pessoas se transformem em protagonistas na promoção de ações preventivas no processo de envelhecimento, auxiliando no esclarecimento, na assistência e na superação de problemas de saúde ao longo da vida.

Veja ao Vídeo diretamente no Youtube, se preferir.

Para isso, se baseia em Três Pilares:

  1. Prevenção Primária (PP),Prevenção primária é o conjunto de ações que visam evitar a doença na população, removendo os fatores causais, ou seja, visam a diminuição da incidência da doença. Tem por objetivo a promoção de saúde e proteção específica.
  2. Prevenção Secundária (PS) ePrevenção Secundária é o conjunto de ações que visam identificar e corrigir o mais precocemente possível qualquer desvio da normalidade, de forma a colocar o indivíduo de imediato na situação saudável, ou seja, têm como objetivo a diminuição da prevalência da Doença. Visam ao diagnóstico, ao tratamento e à limitação
  3. Capacitação de Profissionais da Saúde (CPS).

Todos eles contam com materiais exclusivos Online e também conteúdo Offline (Impresso), encontros de pacientes, ações mobilizadoras e publicações científicas para Especialistas Médicos nas Áreas de

Campanha Outubro Rosa

Afinal, como surgiu? de onde ela veio? Provavelmente, a mídia intensifica suas ações agora em outubro, então provavelmente já deve ter percebido sobre a campanha Outubro Rosa, que acontece anualmente, ano após ano e veja que não é só aqui na Republica Federativa do Brasil, mas também em várias partes do mundo.

Porém, você já se perguntou alguma vez, qual foi o ponto de partida? De onde surgiu a ideia? Sabe o motivo de essa campanha ser tão importante?

1Como Funciona a Campanha Outubro Rosa?

Como Funciona a Campanha Outubro Rosa? Com um Objetivo principal bem focado, esse programa visa chamar a atenção das pessoas para uma das Doenças que mais mata as Mulheres: o Câncer de Mama.

A ideia é bem simples, pois tem como principal o alerta para incentivar com que elas façam Exames Periódicos, com intuito de facilitar o Diagnóstico precoce e assim poder aumentar as chances de cura.

A campanha incentiva também o Autoexame das Mamas (que já não é mais recomendado em alguns países), no qual a mulher pode, através do toque, identificar o surgimento de um tipo de caroço na região.

2Como o Outubro Rosa Começou

3Como o Outubro Rosa Começou? Todo o movimento teve início nos USA – Estados Unidos da América, mais precisamente na cidade que nunca dorme ou a Grande Apple,  Nova Iorque, em 1990. A Fundação Susan G. Komen For The Cure promoveu uma corrida para arrecadar dinheiro e também informar e alertar sobre o câncer de mama.

Todas as pessoas que participaram da corrida usaram um laço rosa na altura do peito. Hoje, ele se tornou o símbolo do movimento.

Outubro Rosa Dia Mundial de Combate ao Câncer

A partir de então, a corrida acontecia normalmente todos os anos, até que, em 1997, outras cidades do país aderiram à campanha.

Foi assim que outubro ficou conhecido como o mês do câncer de mama e deram o nome de Outubro Rosa ao movimento.

4Onde o Brasil entrou Nisso?

Como ela chegou ao Brasil? O primeiro vestígio da campanha Outubro Rosa em terras brasileiras foi no ano de 2002. O Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também conhecido como Obelisco do Ibirapuera, localizado em São Paulo, ficou iluminado de rosa durante o mês.

Essa iniciativa partiu de um grupo de mulheres que queriam trazer o movimento para o Brasil e se uniram a uma empresa europeia de cosméticos.

Na terceira semana de maio de 2008, em comemoração ao dia das mães, foi iluminada de rosa a Fortaleza da Barra, em São Paulo, para lembrar às mulheres sobre a prevenção do câncer de mama.

Em outubro do mesmo ano, diversos locais tiveram os seus monumentos coloridos por uma luz rosa. Foi o caso, por exemplo, do símbolo mais conhecido do Rio de Janeiro: a estátua do Cristo Redentor.

5Importância, Por que a Conscientização?

Importância, Por que a Conscientização? Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o Câncer de Mama é o segundo mais prevalente entre as mulheres e representa 28% dos casos de câncer por ano. Além disso, uma pesquisa realizada pelo IBGE, em 2012, mostrou que, em 20 anos, as mortes de mulheres pelo Câncer de Mama aumentou em 16,7%.

Números mostram porquê essa Conscientização

Esses números mostram porquê essa conscientização é importante. O Outubro Rosa é uma lembrança de que as mulheres precisam se cuidar e fazer exames como uma forma de prevenção. Quanto mais cedo o diagnóstico for realizado, melhor é o prognóstico.

Porque Outubro Rosa e em outubro?

Porque Outubro Rosa e em outubro? Embora tenha ganhado mais visibilidade na última década, o Outubro Rosa foi instituído ainda em 1990, nos Estados Unidos. Em decorrência de ações isoladas pela prevenção do câncer de mama, que aconteciam sempre em outubro, o mês foi oficialmente escolhido para a campanha após a aprovação do congresso norte-americano.

Qual é o Dia Mundial de Combate ao Câncer? O Dia Mundial de Combate ao Câncer é comemorada anualmente em 8 de abril. A data serve para conscientizar a população mundial sobre os cuidados de prevenção da 2ª doença que mais mata pessoas em todo o mundo: o Câncer, também conhecido por neoplasia.

Outubro Rosa no Atrium Shopping:
  • Exposição “Força e Renascimento”
  • Período: 4 até 31 de outubro, no Piso Térreo
  • Atrium Shopping
  • Rua Giovanni Batistta Pirelli, 155 – Santo André – SP

Tel.: (11) 3135- 4500 – www.atriumshopping.com

6Harvard no Outubro Rosa em 2010

Sutiãs de cor-de-rosa além de Regatas embelezadas com estatísticas sobre o Câncer de Mama estão do lado de fora de um dos Prédios do Campus de Harvard o Science Center, como parte de uma série de eventos patrocinados pela Harvard Cancer Society por uma semana dedicada à conscientização.

Em comemoração à Semana de Conscientização do Câncer de Mama, os membros do HCS – Harvard Computer Society estarão ocupando mesas nos refeitórios de Annenberg Hall e House, onde os alunos podem escrever cartões postais para lembrar os parentes da importância de mamografias regulares.

Os alunos também terão a oportunidade de rastrear suas mãos e escrever mensagens inspiradoras em faixas que serão apresentadas posteriormente a pacientes com câncer nos hospitais.

“Nossos objetivos eram promover a discussão no campus sobre o câncer de mama e como nós, jovens, podemos apoiar pacientes com câncer de mama e suas famílias”, disse Nina Jain ’11, co-presidente da HCS.

A Semana de Conscientização do Câncer de Mama, patrocinada pela HCS, faz parte da celebração nacional do Mês de Conscientização do Câncer de Mama, que acontece todo mês de outubro.

O HCS não é a única organização no campus a promover a conscientização sobre o câncer de mama nos últimos dias. Os Serviços de Hospitalidade e Restaurantes da Universidade de Harvard serviram biscoitos com glacê rosa ontem em apoio à Susan G. Komen Breast Cancer Foundation.

Os atletas também mostraram seu apoio. Os jogadores de Harvard no jogo de voleibol de Harvard-Yale da semana passada usavam fitas cor de rosa nos cabelos enquanto seus treinadores usavam suéteres cor de rosa.

“Lembro-me do meu primeiro ano aqui em Harvard, não acho que houve uma semana de conscientização sobre o câncer de mama e, em seguida, meu segundo ano, mas não era visível”, disse Hofeld. “Este ano, conseguimos … um grupo de pessoas dedicadas que eram apaixonadas pelo [HCS], e todos nos unimos e fizemos isso acontecer.”

Nat J. Miller ’14, que parou para assinar seu nome quando deixava Annenberg, descreveu o banner como uma maneira fácil de mostrar seu apoio à conscientização do câncer de mama.

“Demorou 15 segundos, e é uma coisa boa para fazer isso não exigiu muito esforço”, disse ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here